TRANSLATOR( BLOG OR POST)

30 de mai de 2014

Esta até o Cascão aprovaria

Já dizia Dercy Gonçalves, sabe aquela?, que o povo tomava banho demais, estragava a pele, segundo ela. Tirava gorduras que são necessárias para a pele ficar bonita. 

Morreu a Dercy, veio uma enxurrada de humoristas sem graça e surgiu a ideia revolucionária, que tem tudo a ver com o que ela dizia. Banho sem produtos que agridem a pele. Chega de sabonete, shampoo, sais e etc todos os dias. Repare que eu escrevi todos os dias.

Achei a notícia que vi na Tv , via Jorge Pontual(o homem que sempre tem novidades sobre assuntos dessa natureza)muito interessante e fui pescar na rede.

Em resumo, trata-se de um spray de bactérias benéficas, que oxidam as que temos sobre a pele e cabelos e nos "sujam" quando morrem ou reagem a processos químicos. Eliminam, sem matar as bactérias que precisamos. 

Sei. A primeira coisa que passou pela minha mente e nariz foi a nhaca geral, mas  lendo com mais cuidado, nota-se que não se elimina o banho com água como conhecemos, mas dispensa o uso diário de água para o corpo todo em situações especiais e, definitivamente, acaba com produtos que "limpam" a pele.

Longe de esquecer o uso de água de vez em quando, o produto já foi até testado. Leia mais na reportagem,que conta a experiência de uma mulher, que ficou sem usar produtos de limpeza e higiene por algum tempo e raramente usava banho com água. Calma lá. Os países baixos e as axilas com certeza ela lavava e muito bem.

Imagino a maravilha dos desdobramentos disso. Pessoas doentes, esportistas, escaladores, essa turma que passa semanas sem ver um pote de água e dorme em barracas, situações depois de desastres, pessoas com alergia a produtos de higiene. Minha mente viajou na malinha!

Confesso que estou doidinha pra ver isso chegar ao Brasil. Ah! Naqueles dias de baixíssima temperatura, quem não trocaria a agonia do banho por um spray e um chap-chap caprichado, hein?



21 de mai de 2014

"Ripa na xulipa...."

Que saudade desse moço narrando as peripécias da bola!

Essa linguagem de narrador de futebol é de arrancar os neurônios de desavisados.  A gíria para descrever passes e dribles é uma maravilha. Até a definição de áreas do campo, como zona do agrião, por exemplo. Você sabe o que é? 

Mesmo quem não é muito chegado a um gramado e uma bola com 22 marmanjos correndo atrás dela(como disse a menininha surpresa: Por que não dão uma bola pra cada um deles, coitadinhos!), vale uma visita a este site  (http://jangadabrasil.com.br/revista/junho91/al91006a.asp) e
também este (http://deolhonogol.blogspot.com.br/2009/10/pequeno-dicionario-da-giria-do-futebol.html).

Já que esse evento promete uma vergonha generalizada pela falta de estrutura(se eu fosse estrangeira jamais viria para essa Copa no Brasil), pelo menos vamos aproveitar para aumentar os conhecimentos sobre o assunto.

Brasileiro é de uma fé inigualável. Mesmo sabendo que os pobres turistas vão amargar horas de aeroporto e caminhadas extras para assistir jogos, fora a bagunça das manifestações, que já ninguém aguenta mais, fiz minha fezinha e pendurei uns verde-amarelos na sacada. Quem sabe isso ajude a reduzir o constrangimento, se nosso time ganhar algum jogo.

Ai Zuzuis! Nem lençol, nem chapeu, nem o drible da vaca vão salvar essa jogada.

Quem sabe uma caneta?


Assista em tela cheia e pule o anúncio do início, que é uma chatice. Explore os outros vídeos e divirta-se! Recomendo o "15 minutos de puro futebol engraçado". Você vai se achar um craque.

3 de mai de 2014

Para aplaudir de pé

Quando vi  isto na televisão, fiquei maravilhada. Emoção de dar nó na garganta.

Que ideia mais inspirada. 

Tomara que os outros moradores criem sua própria arte nas demais casas. 

Eu ia colocar o vídeo aqui, mas o texto é pra ser lido e relido, não só ouvido.