TRANSLATOR( BLOG OR POST)

21 de jun de 2013

Assim como foi na Itália é aqui

Conta a lenda que Miguel, o Ângelo, aquele que pintava aquelas coisinhas em paredes, catedrais e muros por caminhos italianos, certa vez arrematava a pintura de um sapato numa das diversas paredes que lambuzou com sua genialidade, quando reparou que um cara muito simples olhava aquilo e balançava a cabeça em reprovação.

Com a indignação justa de um gênio perguntou a que se devia tal atitude. 

Continua contando a lenda, que o atrevido senhor fez ver ao gênio, que a fivela colocada no sapato do afresco não correspondia ao que se usava na época retratada. Que era sapateiro e entendia dessas miudezas. 

Imagine a cara do Miguel!

O genial artista olhou, olhou e reolhou e, a contragosto, teve que concordar com o atrevido senhor e refez a pintura. 

O atrevido senhor- de quem não se sabe o nome, mesmo porque perante Miguel, o Ângelo, nem importava o nome- continuou lá firme. Miguel então percebeu que devia um pequeno agradecimento ao atrevido.

Feito o agrado, o atrevido senhor respirou fundo, cheio de si (você não ficaria depois de ouvir o artista agradecendo um reparo?) e começou a dizer:

-Signore, a cor da costura da roupa da signorina também precisa...

Conta a tal lenda que o gênio berrou a plenos pulmões, furibundo, pinceis em punho, arremetendo contra o incauto:

-Alto lá! Que sejas sapateiro até aceito teus reparos, mas a cada mister cabe a correspondente sabedoria. Entendes de sapatos então  fica ao redor deles, que de pintura entendo eu!!!!

A bem da verdade, conhecendo esses meus queridos antecessores, imagino que a frase tenha sido entremeada de uns palavrões bem caprichados. Conheço uma montanha deles, mas deixo à imaginação de vocês.

Bem, eu não estava lá, infelizmente(imagine tocar a fímbria das vestes do Miguel!), mas ontem essa suposta lenda me veio à testa, eis que ouço a voz inequívoca do gênio do futebol- gênio, não boleiro, viu Maradona?- pedindo aos manifestantes que revolucionam há uma semana a definição política de brasileiros, que saíssem das ruas e trocassem o exercício da democracia pelo futebol. A frase foi mais ou menos algo como: Saiam das ruas, vão aos estádios ver futebol.

A única frase, ou melhor, duas frases me vieram à boca e deixo aqui, sem qualquer esperança de que um dia sejam lidas por ele:

CALA A BOCA, PELÉ!!!,  ao melhor estilo Sai de Baixo.

POR QUE NÃO TE CALAS??, com a melhor entonação de rei de España.

E para arrematar:

Que grande chance de usar sua influência para pedir que os baderneiros, infiltrados nas passeatas fiquem em casa, hein, Pelé?
_____________________________________________________
Aos corajosos que me dão a honra e que moram além da terrinha, por favor, não acreditem só nas fotografias de quebra-quebra de jornais estrangeiros. Os verdadeiros brasileiros estavam nas ruas,às centenas de milhares, em paz, sem partidos, cantando a plenos pulmões sua liberdade, sua verdadeira alma democrática.

14 de jun de 2013

Oi nois aqui otra veis!

Meu coringa para essas horas de pouca inspiração- ou de muita inspiração e poucas palavras-, é minha coleção de infindáveis dicas, que chegam de várias partes, eu guardo e nunca mais lembro quem mandou. Tem muitas que já fazem parte da sabedoria popular e vão parecer até sem graça. Aproveitem as que ainda não perderam o prazo de  validade.


DENTRO DA COZINHA


1 - Se o molho ficou muito gorduroso, acrescente 1 pitada de bicarbonato de sódio. 
2 - Faça a alface murcha reviver, colocando-a numa vasilha com água e suco de limão. Deixe de molho por 1 hora na geladeira.
3 - A comida ficou salgada demais? Na sopa ou no ensopado, adicione batatas cruas, cortadas. Assim que estiverem cozidas, terão absorvido o excesso de sal.
4 - Os tomates estão maduros e moles demais para a salada? Coloque-os numa vasilha com água fria e salgada. Depois de algum tempo eles voltarão a ficar firmes. Experimente!
5 - Para o queijo não ressecar dentro da geladeira, quando guardado por algum tempo, pincele manteiga ou margarina na parte exposta.
6 - Outra dica boa para retirar o excesso de sal da comida é pingar algumas gotas de limão e deixar ferver um pouco mais. Pode-se também acrescentar 1 colherinha de  açúcar e outra de vinagre.
7 - Torne as gelatinas de morango, framboesa, uva ou cereja mais nutritivas e gostosas, preparando-as com a água de cozimento da beterraba.
8 - Para saber se um ovo é fresco ou não, sem ter que quebrá-lo, é só colocá-lo numa panela com água fria e bem salgada. Se o ovo afundar é fresco; se boiar, já passou da época. Jogue-o fora.
9 - As claras podem ser guardadas congeladas por um período de até 1 ano. Coloque-as num recipiente plástico, congele-as e você poderá usá-las em merengues, bolos de anjo, pudins de claras, etc. 
10 - Para fazer omeletes muito mais fofas e leves, é só adicionar uma pitada de maisena antes de bater os ovos.
11 - Para ver se a temperatura do óleo já está no grau desejado, é só colocar um quadradinho de pão na panela. Quando o pão ficar corado e crocante, é sinal de que o óleo estará no ponto ideal para a fritura.
12 - Para bolos, é melhor usar ovos médios do que grandes. Ovos extragrandes fazem com que os bolos abaixem quando frios.
13 - Para conservar os limões frescos, guarde-os numa vasilha com sal. 
14 - Se os limões estiverem verdes e com pouco sumo, cubra-os com água. troque a água diariamente. Eles vão amadurecendo e ficando mais suculentos.
15 - Para que as maçãs permaneçam claras mesmo depois de cortadas, mergulhe-as numa vasilha com água fria e suco de limão. 
16 - Para que as frutas cristalizadas (ou passas) fiquem bem distribuídas na massa de bolo, polvilhe-as com fermento em pó antes de adicioná-las à massa. Dessa forma, elas não afundarão.


17 - As gemas podem ser guardadas na geladeira por até 3 dias, basta que as cubra com água ou óleo. 
18 - Para aumentar o volume do creme chantilly, adicione a ele claras previamente batidas em neve, bem firmes. 

1 de jun de 2013

Ilha da Magia

A Ilha de Santa Catarina, onde fica a cidade de Florianópolis, Floripa para os mais íntimos, também é apelidada de Ilha da Magia, com direito a casa das bruxas e tudo, a caminho do Ribeirão da Ilha.

Pelo sim, pelo não, segue uma oração contra o bruxedo. Junto dela, quando andar pela noite escura, ou por caminhos duvidosos, não esqueça de levar um bom porrete, que de reza já morreu muito crente.


Oração contra o Bruxedo

Pela cruz de São Saimão,
Que te benzo com vela benta na sexta-feira da paixão,
Treze raios tem o sol,
Treze raios tem a lua,
Salta demônio para o inferno,
Pois esta alma não é tua.
Tosca Marosca
Rabo de rosca.
Aguilhão nos teus pés
E freio na tua boca,
Por cima do silvado
São Pedro, São Paulo e São Fontista.
Dentro de casa, São João Batista
Bruxa, tatara bruxa
Tu não me entres nessa casa
Nem nessa comarca toda, por todos os santos dos santos,
Amém!


Para mais um saco de curiosidades visite




Chupeta na tela

 A criançada aí já viu Valente?