TRANSLATOR( BLOG OR POST)

29 de out de 2011

Cheguei!


SUKI, em japonês quer dizer: o que é amado.

E já foi antes mesmo de entrar em casa, enquanto ainda mamava e crescia um tantinho mais. Hoje completa 50 dias.

Por enquanto parece que tem mais orelhas do que focinho. E se esconde na toca o mais que pode. 

Sinta-se em casa, Suki!

Lá vem mais um!

Salve-se quem puder!


Do Chile vem  mais uma ameaça de poeira. Olha  a notícia aqui.
Por enquanto temos ventania. Que vem justo do sul.
Mas logo agora que as sementes germinaram? 
Clique sobre a foto para aumentar

A foto do vulcão Hudson veio daqui.

27 de out de 2011

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Quando eu era criança e até quase a adolescência, cada vez que botava a cara
fora de casa olhava para todos os lados e não era por curiosidade, não! Era mesmo para dar conta de cumprimentar a todos os que via. Eu achava que se deixasse passar um daqueles tantos colonos que meu pai conhecia, eu receberia uma bela bronca. Era preciso esquecer a timidez e praticar sem descanso. Que trabalheira era aquilo!

Via minha mãe fazer um aceno, ou falar um bom dia em voz alta, e nem desconfiava que essa atitude tinha alguma coisa a ver com as crianças de quem ela era ou fora professora. Imagine não cumprimentar a professora de seus filhos, a vizinha, a comadre! 

Se ela fazia, melhor copiar, antes da bronca. Era bom dia e boa tarde que só acabava com o fim da calçada ou na porta de casa. Sorte minha a cidade ser pequena e que nem sempre eu precisava ir além de umas três ou quatro quadras para o que quer que fosse.

Aos domingos a coisa ficava mais complicada. Dia de ir à missa com a família. Sim, aos domingos era coisa séria! Eu não dava conta de me fazer notar por todos aqueles sisudos de todas as alturas e sotaques, que passavam por meu pai e minha mãe e trocavam algumas palavras ou um “Hop!”,acompanhado de uma mão levantada, o que na língua deles queria dizer “Oi!".  Buongiorno (saía bom giorno)era tão comum quanto “bom dia”. Era mais difícil do que parece, porque nem sempre ouviam meus sinceros cumprimentos. Mas eu me esforçava. E como! Só faltava contar nos dedos a quantos eu havia conseguido me fazer notar!

Depois de adulta comecei a imaginar o que passava pela cabeça daquelas pessoas que viam a filha do Seu Gaitano* e da professora Wilma saudando todo mundo. “Tem algum problema aquela guria dos De Marco? Fica baixando a cabeça para todo mundo, dando bom dia pra todos que passam. Poveretta!!!!”

Aqui na praia eu arrisquei cumprimentar um senhor bem velhinho, que leva a
rede de pesca pra passear todo dia e até puxei uma conversinha sobre o mar, a ressaca e coisa e tal. Depois disso, quando eu passo ele me olha desconfiado. Está certo ele. Até eu reagiria assim. Se um desconhecido me cumprimentar eu "sarto de banda". Ou é assalto ou assédio!


* Não adiantou nada meu nono Ricardo batizá-lo como Caetano. Italiano que se preze fala Gaitano.

25 de out de 2011

Dicas para usar sob o sol

Calor chegando, finalmente, e os primeiros raios brilhantes são uma tentação.

Tomar sol sem proteção é o mesmo que ficar em frente a um de forno de pizza. Afinal a luz do sol é nada mais nada menos que a luz de explosão de gases daquele gigante. Quem vai querer cor em troca de um câncer de pele e rugas, muitas rugas? Portanto, muito, muito protetor solar(passe meia hora antes de ir para o sol, sem esfregar muito), chapéu, boné, juizo e moderação, ou não haverá dermatologista nem oncologista que te salve.

Colhi algumas dicas, no mínimo diferentes e baratas, para quem perdeu o bom senso ou quer diminuir os efeitos do rei sol. Todas vieram do Dr. Oz e quem quiser mais é só clicar aí no link e aproveitar.

1. Para sarar mais rápido das queimaduras do sol coma salmão.

2. Para proteger os olhos do sol, coma muito agrião e outras folhas verdes(isso não dispensa o uso de óculos com proteção UVA e UVB).

3. Para reduzir o risco de queimaduras solares coma pelo menos 10 colheres de tomate por dia. Pode fazer suco, molho, sopa, salada.

4. Para proteger os cabelos-essa vai ser difícil!- coma romã.

No mais, e essa dica é minha, comece agora a comer cenoura, abóbora e outros alimentos com betacaroteno, que o bronzeado acelera. Não exagere a ponto de ficar com a palma das mãos amarelas.

Aproveite a brisa e a paisagem.
Essa foto é uma das que estão no final do blogue. Visite.

24 de out de 2011

Elegante e generosa

Carolina Herrera não é só uma mulher bem sucedida, elegante, bonita e rica. Ela sabe usar a fama e carisma para fazer campanhas em favor de saúde e dignidade.

Agora lança uma linha de camisetas para a campanha Iniciativa Ser.


Acompanhe o que está na mídia e muito mais pelo site.

22 de out de 2011

Qual é seu nome?

Para descobrir o significado do nome e tudo o que o cerca, abra esta cortina.


Aproveite para explorar outros links do site.

21 de out de 2011

BUUUHH

Eu odeio levar sustos. Não respondo pela minha reação. E você?

Veja aqui alguns do tipo de mau gosto. Melhor não mostrar para aqueles "amigos" que já fizeram algo parecido.

19 de out de 2011

Tira! Tira!

Por favor, veja em tela cheia.



Os comentários são todos vossos!

A chuva foi pouca

Não tenho certeza se a chuva trouxe mais cinza ou se lavou o que estava por aí, mas olha a situação de hoje por aqui.
Clique nas fotos para aumentar.


Que meleca! Se pisar nessa mistura sem cuidado é tombo na certa.

Uma olhadinha mais de perto e as folhas mostram a poerinha. Todas as plantinhas estão assim. Se não chover vou convocar vocês a virem passar um paninho nos verdes todos.

A moça do tempo garantiu sol a pleno, mas ele deve estar acima da nuvem de cinzas, que parece ter parado de cair. O nariz continua coçando. Já podemos ver o mar aqui da janela. Os aviões voltaram a voar, mas não podem ser vistos.

A vida continua, como se cinzas de um vulcão do Chile no seu terraço fosse a coisa mais normal do mundo.
Olha o fumacento aí, em foto da NASA. A previsão é de uma forte explosão nos próximos meses.


Para ver mais fotos espetaculares e um vídeo da Nasa, entre aqui . Um slide show fantástico aqui.

Mas será o Benedito?

Minha caixinha de comentários está de mal comigo e não sei a razão.Vão aqui as respostas, porque perdi as palavras que digitei por 30 minutos.

Pitanga, vem mais barulho por aí, porque essa placa vai do Chile até a Califórnia e está se movimentando e forçando a barra. Fuja quem puder.
O lado sul eu olho já com saudade, mas ainda resta a vista a partir da praia.

Graça, é uma poerinha mais fininha do que talco, aí quando molha vira uma pasta. Imagine quem tem isso com meio metro de espessura dentro de casa.

Mauro, choveu e virou uma meleca daquelas. Pelo menos parou de cair a cinza, mas o sol continua escondido. Não vai pra Bariloche. Vai pra Suiça.

AvoGi, só a chuva pra limpar o céu, as plantas e o chão.

Lúcia, é uma lambuzeira sem fim. Apesar de ter parado de cair ainda tem muita cinza  lá em cima e os aviões estão voltando a voar, acima dela, apesar de tudo.

São, o nariz ainda coça, mas parece que está mais rarefeito porque não dá pra notar.  Virou uma sujeira só. Minha paisagem ficará menor sem aquela vista que eu acho a mais linda daqui, mas se eu for à praia ainda dá pra admirar.

Justine, contra a força da natureza somos nada. Por isso: Carpe diem!

, o pior ainda é o que nos empurram goela abaixo e não sabemos. Enquanto pudermos nos esconder em casa, vamos levando. Depois vou postar umas fotos das plantinhas embranquecidas com a poeira.

Beijos a todos!

18 de out de 2011

Cinzas do vulcão chileno chegam ao Pântano do Sul

Fotografias feitas há poucos minutos. Portas e janelas fechadas. Chão escorregadio, coceira no nariz. Se ficar ao ar livre o cabelo fica áspero e branco.Nem a chuva que caiu há meia hora limpou o ar.
(Clique sobre as fotos para zoom.)

O que parecia só neblina já eram as cinzas.

Mesmo na pedra clara é possível notar a poeira fina.


Isto era  madeira escura .

A diferença onde passei a mão e a cinza.

Já estou querendo que chova pra limpar tudo.

Aqui uma vista do lado sul, de onde vem as cinzas.

17 de out de 2011

Surge uma nova estrela



Com 18 anos, essa voz e emoção! Nem precisa entender o que ela canta.

Listen

Listen to the song here in my heart
A melody I start but can't complete
Listen to the sound from deep within
It's only beginning and need to find release
Oh, the time has come for my dreams to be heard
They will not be pushed aside and turned
Into your own all 'cause you won't
Listen
Listen, I am alone at a crossroads
I'm not at home in my own home
And I've tried and tried to say what's on mind
You should have known
Oh, now I'm done believing you
You don't know what I'm feeling
I'm more than what you made of me
I followed the voice you gave to me
But now I've gotta find my own
You should have listened, there is someone here inside
Someone I thought had died so long ago
Oh, I'm screaming out and my dreams'll be heard
They will not be pushed aside on words
Into your own all 'cause you won't
Listen
Listen, I am alone at a crossroads
I'm not at home in my own home
And I've tried and tried to say what's on mind
You should have known
Oh, now I'm done believing you
You don't know what I'm feeling
I'm more than what you made of me
I followed the voice you gave to me
But now I've gotta find my own
I don't know where I belong
But I'll be moving on
If you don't, if you won't
Listen to the song here in my heart
A melody I start but I will complete
Oh, now I'm done believing you
You don't know what I'm feeling
I'm more than what you made of me
I followed the voice you think you gave to me
But now I've gotta find my own, my own

Composição: Anne Preven / Beyoncé Knowles / Henry Krieger / Scott Cutler




Alguém se arrisca a traduzir? As traduções disponíveis na rede são de lascar!

14 de out de 2011

Sabe como é chorar de felicidade?

É assim: Os pais resolvem fazer uma surpresa no aniversário da filha e dão uma sacola cheia de objetos, que tem tudo a ver com a Disneylândia. A menina adora! A mãe então pergunta se ela sabe de onde vem os objetos. E aí quase mata a menina de felicidade, quando diz que nesse dia eles vão levá-la até lá.


Estranho a mãe afastar a filha pra poder filmar melhor, não é? Vai ver a filha puxou ao pai.  :o

13 de out de 2011

Muitas perguntas

Explosão na Praça Tiradentes- RJ

O Momento da Explosão(clique aqui)



   
(Vídeo by Alberto2612)


As perguntas podem começar::

-Se é proibido estocar gás, como um restaurante funciona no andar térreo de um prédio com mais de 10 andares e ninguém, repito, ninguém faz uma vistoria preventiva? Cadê o síndico?
- Se muita gente sentiu cheiro de gás, por que ninguém chamou o corpo de bombeiros? Que gente é essa?
- Como um restaurante funciona sem ventilação?

11 de out de 2011

Pode viciar

Esse site é genial. As fotos e piadas são do tipo que faz entrar na página seguinte, na seguinte, na seguinte. Aí você lembra que tem arroz cozinhando, mas já é tarde demais pra salvar.

Se você não entende o escrito, siga adiante. Juro que tem fotos e figuras que não precisam de legenda.

Aqui você aprende a usar a torradeira para derreter queijo.

 Você teria coragem de morar nessa ilha?
aqui você confere a posição ideal para seu filho.

10 de out de 2011

É assim que se chuta

Mano, olha aí uma aula de pontaria para a seleção! Ou isso ou manda botar o pé deles na forma.

Ainda dá tempo de aprender antes de jogar contra o México amanhã.


9 de out de 2011

Ideia simples e eficiente

Uma providência dessas pode ajudar a salvar do frio muita gente. Passe a ideia adiante. Guarde as caixas de leite abertas e faça doação.


7 de out de 2011

Meu país não é um país de merda!

Circulam pela rede mensagens comparando o que acontece no Brasil e no Japão depois de um desastre provocado pelo clima, terremoto e tsunami. Bom, chega uma hora que isso passa do razoável e me dá nos nervos. Foi hoje cedinho que encheu, sabe? O que vai abaixo é uma adaptação de minha resposta a um desses e-mails.
****************************

É flagrante a diferença cultural e o uso de recursos. Mas você tem acompanhado as passeatas no Japão reclamando da demora em arrumar o país onde foi afetado pelos desastres?

A grande diferença é que lá os corruptos tem vergonha na cara e se demitem ou se suicidam e a estrutura  para abrigar os desalojados é imensa, porque eles tem histórico de desgraças maior do que aqui. A tecnologia é superior e o país é menor e isso também pesa. Eles são mal pagos em sua maioria e trabalham como escravos, sem direitos trabalhistas como os nossos. O índice de suicídios ainda é assustador entre jovens por falta de perspectivas. Aqui as perspectivas são imensas porque há muito o que fazer.

Herdamos a corrupção de quem barganhava coisas com os índios, ou dos que buscavam pendurar-se nas tetas governistas desde o império??? A burocracia veio da Europa. Não caiu do ceu. A cura demora.

Mesmo assim não acho que meu país seja de "m... " como diz o texto. Ainda vamos demorar uma centena de anos para agir como um grande país e passar o esguicho nos cantinhos, mas há muita, muita gente batalhadora, lutadora, que trabalha pra caramba. Eu trabalhei muito. Aos 9 anos trabalhava como auxiliar de professora de jardim de infância!! Aos 15 era babá e limpava uma casa enorme para poder estudar. E nunca me achei inferior. 

Esse complexo de inferioridade foi imposto, mas já vimos o mandatário dos EUA vir aqui de penico na mão pedir acordos comerciais ou não? Nossas reservas (tutu, dinheiro)são imensas, já reparou? O comércio interno é fabuloso.

Bandidos há aqui e lá e por toda a parte e os corruptos daqui me enojam, mas apesar disso não podemos deixar de ver o que temos de bom, concorda?

Essa campanha para desmerecer o país só ajuda a diminuir nosso valor e a repassar isso para adolescentes e crianças.

Quem está interessado nisso deve ser alguém que fura o sinal quando ninguém está olhando, sonega impostos, paga contas com atraso, tem parentes pendurados nas tetas do governo, paga um por fora para policiais liberarem a multa, dão um jeitinho pra tirar vantagem, dirigem alcoolizados, pedem favorzinhos, não param para pedestres, estacionam na vaga de cadeirantes, são acessores de políticos e por aí vai.

Eu fico furiosa(e olha a que hora do dia), quando esses brasileiros tão bem intencionados só criticam e nada fazem para melhorar nem que seja a sua rua e jogam merda no ventilador para piorar o que deveria ser melhorado.

Se esse pessoal fosse posto no cabo de uma enxada das 4 horas da manhã às 5 da tarde ou num porto pra descarregar sacos, numa sala de aula ou numa construção de estradas, veria o país por outro ângulo e pararia de reclamar depressinha; iria valorizar o escritório e a loja com ar condicionado, passe escolar, de ônibus, merenda, meia entrada, paisagens fantásticas, clima excelente, amigos, família, férias, ...

Criticar é saudável, mas tem que mudar a vizinhança primeiro, certo? Tem muita coisa errada, mas não só errada!

O país que vou deixar para meu filho é cem vezes melhor do que há 50 anos e vai melhorar ainda mais, se a gente parar de avaliar um país pelos seus políticos e olhar para o povo, que trabalha duro, com responsabilidade, com entusiasmo, em pequenas e grandes empresas, em lojas, em escritórios, em casa.

Somos exemplo de tecnologia, de serviços, de organização, de promoção de eventos esportivos e sociais, de música, de culinária, de agricultura, de pecuária, de pesquisa em neurologia e medicina, em fisoterapia, em pedagogia, em tratamento de queimados, em cirurgia corretiva, exportamos até invenções médicas; somos referência em transplantes, em literatura, em turismo, em hotelaria,...

Tem muito podre, mas por que só olhar o podre? A quem interessa isso? 
***********************

Bom final de semana a todos e vamos melhorar nosso quintal, o que já é um bom começo para mudar o mundo.

5 de out de 2011

Para não morrer de amor

Agressões entre namorados e casais não acontecem por acaso. Morte de mulheres por homens ciumentos e possessivos podem ser evitadas. Se o cérebro se sobrepuser à paixão. Difícil, é verdade, mas há sinais que não só os envolvidos, mas até os familiares podem notar e que poderão ser a diferença entre um caso de polícia ou uma união, inclusive de amizade, saudável.

Para quem quer pelo menos ter alguma noção do que pode ser feito, preventivamente, para evitar relações que podem ter um final criminoso(ultimamente temos visto na televisão coisas absurdas, ou não?), há um livro indispensável para qualquer mãe, pai, amigo, parente. São dicas sobre como reconhecer sinais de que quem está próximo oferece perigo a curto ou médio prazo.

Colhi numa entrevista sobre o livro uma dica preciosa sobre como ligar o desconfiômetro sobre quem está cativando seus interesses amorosos, de amizade, de trabalho. Simples, como deve ser o que é bom.

A pessoa que você está conhecendo ou com quem você convive propõe alguma coisa, escolhe alguma coisa por você, pede alguma coisa, faz alguma coisa com o que você não concorda e essa pessoa sempre ou com muita frequência, tenta "negociar"(atencão, esta é a palavra!) o seu não, tenta convencer você a mudar de ideia, tenta demonstrar que seu não pode ser mudado. FUJA!  Negue-se a continuar ou a começar um envolvimento com pessoas desse tipo.
Esse é o comportamento de dominadores, de pessoas que gostam de controlar, de escolher por você.  No futuro essa dominação pode virar agressão verbal e física, se você se rebelar ou tentar sair do relacionamento.

Não se trata de conversar, discutir um assunto para tomar uma decisão em conjunto, mas de querer que sempre a vontade dessa pessoa prevaleça. De não aceitar uma decisão da outra pessoa e querer sempre mudá-la a seu favor.

Nao aceite dominação fantasiada de negociação.

1 de out de 2011

Olha isto, Einstein!

Mais do que nunca as crianças e estudantes devem questionar o que se apresenta a eles como certeza. Pois não é que deram um piparote em nada mais nada menos que Einstein?
Ele dizia que se alguma coisa fosse mais veloz que a luz poderiamos voltar no tempo(relembre a teoria da relatividade, dobra do tempo, teoria das cordas, etc). A certeza era que nada é mais rápido do que a luz, certo? Errado!

Se o que foi conseguido nesta semana for confirmado por aquela nuvem de cientistas desconfiados, a luz passou para segundo lugar.

Os mais rápidos que ela estão por toda  a parte, são invisíveis e atravessam inclusive nosso corpo. Os neutrinos deram um nó na cabeça de muito cientista.

Vamos esperar a confirmação e, se isto ocorrer, muito livro deverá parar na reciclagem.

Para saber mais sobre a experiência leia isto .

Imagine, voltar ao passado e fazer a maior bagunça com a história do planetinha. Mas vai que qualquer mudança impeça que você nasça. Então como você conseguiu voltar no tempo, hein?

Ciência teórica é mesmo coisa de doido, não? Será que os extraterrestres (que talvez nos tenham trazido para a Terra) usaram esse "combustível", ou quem sabe o tal buraco de minhoca? Nós ainda estamos na fase de combustíveis fósseis, etezinhos! Tenham paciência conosco.

Adoro ficar criando e desatando esses nós.

Diga aí: se pudesse fazer uma viagem no tempo iria para o passado ou para o futuro? Saberia escolher as cinco coisas que mudaria no planeta Terra nos últimos mil anos, cem anos, dez anos? O que impediria que acontecesse no futuro?

A caricatura veio daqui. Esse cara é muito bom! Espia o site.