TRANSLATOR( BLOG OR POST)

31 de mar de 2010

Só Ficha Limpa!

Dia 7 de abril o Congresso irá, finalmente, votar no Projeto de Lei Ficha Limpa.


Nós só temos uma semana para convencê-los de passar esta legislação ousada que irá mudar a política brasileira para sempre!

A Lei Ficha Limpa irá remover das eleições candidatos que cometeram crimes sérios como desvio de verba pública, corrupção, assassinato e tráfico de drogas. Vamos pressionar nossos deputados conseguindo 2 milhões de assinaturas para mostrar que se eles não votarem pela "Ficha Limpa" não votaremos neles!* Assine aqui e divulgue.

Já são mais de 1.600.000 assinaturas. Vamos chegar a 2.000.000!

* Até aqui o texto é do avaaz.org.

30 de mar de 2010

Mais uma do nojento

Esse cara em trabalho humanitário só poderia dar nisso! Se demorar demais para abrir, clique no título e veja direto no site.

27 de mar de 2010

Eu não conto?

O primeiro foi quando, 1970? Sei lá. O que sei é que nunca alguém bateu à minha porta ou deu esbarrão em mim na rua e me fez reponder sobre mim para esse tal censo.

Agora vai começar mais um. Quero só ver se me encontram aqui no canto bicudo do mundo.

A propósito, recebi um pedido de socorro de Porto Alegre(Godóia). Pois não é que lá faltam pessoas para fazer as tais perguntas e marcar xis nos quadradinhos? Salariozinho interessante(até R$1.600,00).

Para que mora lá, tem parentes ou está a fim de curtir o outono com o sol se pondo sobre o Guaíba, entre neste site e faça a inscrição correndo, até 03/04/2010.

Por via das dúvidas, quando anunciarem quantos felizes ou sofredores há neste entorno de florestas verdejantes e políticos corruptos, acrescente mais um habitante. Sou eu.

Glória, foi o que eu pude fazer, além de mandar mensagem para o amigo Mauro. Com tantos passageiros e leitores, quem sabe.

26 de mar de 2010

Com quantas patas se faz o dia

Glória sai de casa e deixa seu rebanho para alguém tomar conta . Leia lá o que acontece. LOL!

É bem assim, vizinha. Semana que fiquei doente, imaginei que passaria vários dias internada, então resolvi deixar a lista de dicas para o rapaz da clínica, que viria buscar os três de manhã, para ficarem hospedados lá.

Comecei a escrever alguns tópicos num papel tipo 15X15cm. Passei para o verso. Joguei tudo fora e recomecei numa folha ofício. Frente e verso cheias de recomendações: onde está a comida, a caixa de transporte, quem come o que de quantas em quantas horas, quem deve ter acesso infinito à caixa de areia, quem toma remédio, não esqueça os cobertores, quantas vezes por dia e quantos ml de remédio, quem precisa de exercício... Passei para o papel seguinte. A dor vinha, eu me dobrava, depois voltava ao papel. Melhor levar celular do veterinário se eles não entenderem a letra, né? Comida na sacola, potinhos congelados no freezer. Caramba! E se eles não lerem antes de sair?
 
Lá fui eu. Antes, deixar a chave do apê com o veterinário.
 
Na manhã seguinte, liberada e feliz por voltar para casa, descobri o jornalzinho repousando, intacto, sobre a sacola. A comunicação entre o veterinário e o motorista deu pane e todos continuavam em casa. Famintos, trancados, reclamando.
 
Reli minhas anotações e enquanto fazia uma bola com o papel pensei que quem fala que passo o dia na maior folga bem poderia passar um dia por aqui.
 
Imagine a Glória com 22!
 
Na foto Bambina e Pipoca, que já se foram, encontraram lugar para dormir, na bagunça da pintura do apartamento.

25 de mar de 2010

Lugares estranhos para estar

Procure por uma chaminé na casa velha. Miaaauuu!!!
Para descer foi uma longa história.


Depois do almoço uma espiadinha no mar.



Vai mal essa segurança no trabalho.

Esse azul é só para distrair vocês.

22 de mar de 2010

Esse bebeu foi energético!

Bom, com restrições

Um amigo(ligado ao tema, diga-se de passagem), enviou-me o link, com arquivo em formato pdf para ler O Símbolo Perdido. No site está em  formato doc. Se preferir receber em pdf, mande um e-mail pra mim(o perfil tem).


São mais de 780 páginas. Livro de fácil leitura para quem quer sobrevoar o que está escrito, mas pode mexer com muitas convicções e certezas, se houver reflexão, se buscar algo além do que está escrito.


É bom ler de mente aberta e não acreditar em tudo. O que, aliás, é um dos motes do livro. Muitas páginas é recomendável ler mais de uma vez.


Eu terminei o livro gostando da "historinha" por trás do tema, mas ficou faltando alguma coisa. Talvez por ele ter andado por um caminho que deixou de ser o bicho de sete cabeças de alguns 20 anos atrás. Ou porque sei que as revelações são apenas as que estão mais ou menos ao alcance de qualquer pessoa. Os segredos continuam segredos.


O autor é um pesquisador caprichoso, cuidadoso, corajoso. É de espantar a quantidade e variedade de informações que ele compilou. Vi documentários que endossam muito do que está escrito e depoimentos de maçons da alta hierarquia, que contestam várias informações. Acompanhei alguns trechos da entrevista do autor no GNT e virei fã dele, não por causa do livro ou dos filmes, mas pela clareza com que ele aborda assuntos cercados de tabu e coloca desafios culturais e até emocionais a toda hora na conversa.


Com certeza deve-se usar sites de pesquisa enquanto se lê  e procurar saber mais sobre escolas de mistério, figuras, arte, mapas, etc, ditas secretas, principalmente sociedades esotéricas, enquanto se espera pelo filme. (Será que Tom Hanks vai encarar mais um?)


O desafio é aproveitar a leitura para aprender mais sobre muita coisa. É uma viagem espiritual no real sentido da palavra. Tudo a questionar, tudo a refletir, muito assunto a perguntar ao Google e similares.


Sem nenhuma surpresa, o autor carimbou a certeza de que é mais fácil tentar adivinhar do que acertar os segredos da Maçonaria e de outras sociedades ditas secretas. Por serem muito herméticas não se colocam tão disponíveis como pode parecer.

Pouco você vai achar, por exemplo, sobre a Ordem Rosacruz. Como membro dela, posso assegurar que o autor não tocou nem a superfície do rio com o anzol. Para ter uma idéia, explore o site oficial, que tem sabedoria em gotas e muita literatura aberta a não membros.

O melhor do livro não está em localizar os símbolos escondidos em Washington ou nos rituais maçons. Está nos discursos do autor, na boca dos personagens. É aí que é preciso ter mente aberta e questionar, duvidar, aceitar ou refugar. Afinal, trata-se de ler que fé e ciência se confundem, ou se contradizem.

Não dá o que pensar?

 Em tempo: é apenas a opinião de leitora que aprecia bons argumentos e recusa dogmas e não de uma crítica literária. 

19 de mar de 2010

10 com estrelinhas!

Você precisa ler isto com urgência. Que inspiração!

Volte ao blog e leia tudo. É um susto de emoções bem escritas.

18 de mar de 2010

Ela vai te pegar!

 Apesar de todos os cuidados( há quem diga que eu até exagero), um belo dia ela vai te pegar com a guarda baixa e te derrubar. Não tem como achar o vilão em meio a tantos cuidados.

Assim foi que na terça-feira, depois de duas horas me dobrando em duas, eu me rendi e passei a noite no soro e morfina para dar uma rasteira em mais uma tentativa de me derrubar.

O que é o que não é?  Entre gemidos, muitas chamadas da vizinha com cólica renal para o Mr. Hugo, ronco do habitante que foi tirar a pedrinha do rim(o que roncava aquele cara!), raios x e jalecos coloridos, definiu-se que bastava uma noite. Nenhum bisturi à vista. Ufa!

Alguém conhece simpatia para descolar essa mandinga de mim?  Deve ter alguma coisa muito boa para acontecer. Que coisa!

Sim, sim. Muita água de coco, chá e dietinha básica.

E para comemorar, um dia de céu azul de dar gosto. 

A foto veio daqui.

12 de mar de 2010

Falou e disse!

A médica psiquiatra brasileira Carmita Abdo ganhou  mais uma fã.

Ela resumiu muito bem o que move o mundo:

"O homem faz sexo para se sentir bem. A mulher faz sexo quando se sente bem"

Anotem aí meninos e meninas, para não buscar ouro em mina de carvão.

A foto veio daqui .

9 de mar de 2010

Mal podia imaginar

Atendendo a reclamações(e fofocas, sim fofocas intersestaduais!) fui conferir a razão de haver moderação para comentários.

Meninas, oh!, meninas! Mal poderia eu imaginar que bloquear comentários para post de barbas brancas geraria  essa  planfetagem, passeata e foguetório todo.

Desculpem a trabalheira, mas eu não planejei ficar mais de 14 dias sem escrever. Vai daí...

Agora tudo liberado. Ou quase.

Dica para quem mora aqui ou pertinho: não deixe de visitar as praias com ressaca na Ilha. Coisa de louco. Pântano do Sul(Balneário dos Açores), por exemplo. A água bate na pedra e sobe a mais de 5 metros. No Morro das Pedras é de perder a hora.Coisa de cinema.

Mas eu não tenho filmadora, desculpem. Papai Noel esquivou-se, aniversário virou creme e coelho está desdentado.

Sugiro pesquisar no Youtube. Ou aqui.  Ou aqui. Deste último veio a foto para o bloguinho.

Para quem achou que água a mais de 5 metros era exagero.

4 de mar de 2010

Voltando de fininho

Amigos que estão borboleteando por aqui há algum tempo e novas borboletas e beija-flores, em breve responderei aos comentários e contarei tudinho. Ou não.

Beijos de saudades mil.