TRANSLATOR( BLOG OR POST)

29 de nov de 2008

Quando menos é mais

Eu peguei carona com Helô e descobri essa pessoa inspirada, criativa e que cutuca em questões que precisam ser abordadas e discutidas.

Ombudsmãe é para visitar, clicar nos cartazes, ler a mensagem e divulgar. Com o aval da autora, Taís Vinha, que além de tudo, é uma simpatia.

De Gênio e de Louco...

Às vezes eu morro de rir com essas coisas que ela escreve.

Mas eu levaria um susto, se soubesse que
este texto foi escrito por alguém da área médica que cuidasse de mim.

27 de nov de 2008

Recado do Mauro Castro/Taxitramas

"Clarice, quero que você seja a primeira a saber: Mudei o Taxitramas de endereço. Agora ele está no blogspot. A Globo me encheu o saco, depois de plagiar a idéia do meu blog, começou a me atazanar a vida com o blog. Ao que parece o Blogger Brasil está chegando ao fim. O último a sair que apague a luz.
Há braços!!"

Olha eu que exibida por ser a primeira, gente!

Portanto, agora, para seguir rodando com ele, clique e salve nos seus favoritos o novo endereço: http://taxitramas.blogspot.com/

25 de nov de 2008

Da Melhor Qualidade

Ele apareceu aqui por conta do Papai Noel dos panetones. Devolvi a visita e ôpa! Olha que boa descoberta:

http://novacharges.wordpress.com/

Quem lê jornal de papel(eu não leio por opção) já deve ter visto alguma charge dele. Virei tiete.

21 de nov de 2008

Papai Noel existe?

Desde o ano passado eu estou apaixonada por isto.

Alguém, por favor, abra uma filial dessa loucura aqui!

Dia Nacional do Bobajol e do Pileque

MANUAL DO ADEPTO A BEBER SOCIALMENTE

Coisas que são DIFÍCEIS de dizer por um bêbado:
- Indubitavelmente
- Preliminarmente
- Proliferação.
- Inconstitucional.

Coisas que são EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de dizer por um bêbado:
- Especificidade
- Transubstanciado
- Verossimilhança
- Três tigres.

Coisas que são TOTALMENTE IMPOSSÍVEIS de dizer por um bêbado:
- Puta merda! Que menina feia!!!!
- Chega! Já bebi demais.
- Sai fora! Você não é o meu tipo!

MANUAL PRÁTICO
Como agir quando se bebeu demais e está com os seguintes sintomas:

SINTOMA: Pés frios e úmidos.
CAUSA: Você está segurando o copo pelo lado errado.
SOLUÇÃO: Gire o copo até que a parte aberta esteja virada para cima.

SINTOMA: Pés quentes e úmidos.
CAUSA: Você fez xixi.
SOLUÇÃO: Vá se secar no banheiro mais próximo.

SINTOMA: A parede a sua frente está cheia de luzes.
CAUSA: Você caiu de costas no chão.
SOLUÇÃO: Coloque seu corpo a 90 graus do solo.

SINTOMA: O chão está embaçado.
CAUSA: Você está olhando para o chão através do fundo do seu copo vazio.
SOLUÇÃO: Compre outra cerveja ou similar.

SINTOMA: O chão está se movendo.
CAUSA: Você está sendo carregado ou arrastado.
SOLUÇÃO: Pergunte se estão te levando para outro bar.

SINTOMA: O local ficou completamente escuro.
CAUSA: O bar fechou.
SOLUÇÃO: Pergunte ao garçom o endereço de sua casa.

SINTOMA: O motorista do táxi é um elefante rosa.
CAUSA: Você bebeu muitíssimo.
SOLUÇÃO: Peça ao elefante que o leve para o hospital mais próximo.

SINTOMA: Você está olhando um espelho que se move como água.
CAUSA: Você está para vomitar em uma privada.
SOLUÇÃO: Enfie o dedo na garganta.

SINTOMA: As pessoas falam produzindo um misterioso eco.
CAUSA: Você está com a garrafa de cerveja na orelha.
SOLUÇÃO: Deixe de ser palhaço!

SINTOMA: A danceteria se move muito e a música é muito repetitiva.
CAUSA: Você está em uma ambulância.
SOLUÇÃO: Não se mova. Possível coma alcoólico.

SINTOMA: A fortíssima luz da danceteria está cegando seus olhos.
CAUSA: Você está na rua e já é dia.
SOLUÇÃO: Tente encontrar o caminho de volta para casa.

SINTOMA: Seu amigo não liga para o que você fala.
CAUSA: Você está falando com uma caixa de correios.
SOLUÇÃO: Procure seu amigo para que ele carregue você até sua casa.

SINTOMA: Seu amigo não pára de falar repetidamente as mesmas palavras.
CAUSA: Você está falando com o cachorro do vizinho.
SOLUÇÃO: Peça pra ele dizer onde é sua casa.

Autoria: bêbado desconhecido.

Beba com moderação. A não ser que você esteja na sua casa e você não comece a cantar "I'll always love Youuuuuuuu...!".

20 de nov de 2008

VOCÊ SABE O QUE EU NÃO SEI?

Saímos dos testes para entrar nisto.

Tanto a aprender!

Se o chefe passar por aí diga que está adquirindo cultura.

19 de nov de 2008

Acende a luz aí, ô meu!

Vinte e duas horas. Noite pequena ainda nesse horário de verão. Chove, como todos os dias há quase um mês. Adiantando um tricozinho e vendo um filme só com o rabo do olho, que os olhos mesmo estão ocupados em vigiar a bicharada. Sem qualquer aviso, como sempre acontece, a luz se vai.

Quando ameaça chover no Piauí, aqui neste canto da Ilha não se deve duvidar: faltará energia. Nem é de relatar quando explode um transformador. Tudo o que se pode fazer é ir para o terraço e apreciar o espetáculo pirotécnico enquanto os homens do conserto não aparecem.

Quando algum tresloucado derruba um poste passamos a noite como no início dos tempos. Se a noite tem estrelas e lua é um show!


E a escuridão aqui é negra mesmo. Só se vê as lâmpadas de emergência que acendem em dois prédios vizinhos. Lá longe alguém que já conhece o roteiro acende uma vela, uma lamparina, uma lanterna, ou uma lâmpada de bateria, como a que eu tenho desde o apagão de 12 dias(quem não lembra, ó horror!). Se há algum barco atracado a vila tem claridade garantida. Já aqui no canto...

O jeito é largar o tricô por alguns minutos, sacar um vinho e esperar que a claridade volte para, quem sabe, pegar o finalzinho do filme.
Não voltou tão cedo.O vinho rendeu. O tricô rendeu. Pelo menos até a segunda taça. A gatinha embaixo da mesa(viu?) dormiu sossegada. A lâmpada de emergência agüentou até quase meia-noite.

Ah, reparou na vela? Quem nunca colou uma vela na tampa de um vidro levante a mão.

O Livro Proibido

O jornalista Ivo Patarra levou 'O Chefe' a duas editoras, que recusaram a publicação do livro.

Assim sendo, seu autor resolveu colocá-lo na Internet a nossa disposição, para ler ou baixar.

Acesse o site: http://www.escandalodomensalao.com.br/

Eu não me responsabilizo por ataques de cólera nem de riso.

18 de nov de 2008

O tal marquetingue

Afinal, o que é "Marketing" na prática?

As pessoas sempre nos pedem uma explicação sobre o que é, exatamente, marketing. Pois aí vai uma das melhores explicações.

Na prática é isso aí:
1. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e diz: "Eu sou Foda." Isto é Marketing Direto.


2. Você está numa festa com um grupo de amigos e vê uma mulher. Um de seus amigos vai até ela e, apontando para você, ele diz: "Ele é Foda!" Isto é Publicidade.


3. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e consegue o seu telefone. Você liga no dia seguinte e diz: "Oi! Eu sou Foda !" Isto é Telemarketing.

4. Você vê uma mulher numa festa. Você se levanta, ajeita o cabelo, vai até ela e diz: "Com licença." e ajeita a alcinha do vestido dela, roçando de leve no seu braço e conclui: "A propósito, eu sou Foda." Isto é Relações Públicas.

5. Você está numa festa. Uma mulher se aproxima de você e diz; "Me disseram que você é Foda." Isto é Reconhecimento de Marca.

6. Você está numa festa e vê uma mulher. Você a convence a ir para casa com seu melhor amigo. Isto é Representação de Vendas.

7. Seu amigo não a satisfaz e ela liga para você. Isto é Suporte Técnico.

8. Você está indo a uma festa quando você se dá conta que poderia haver um monte de mulheres em cada uma das casas pelas quais você está passando. Você sai do carro e do meio da rua grita bem alto: "EU SOU FODA!"Isto é Spam.

Texto anônimo, por enquanto.

17 de nov de 2008

Pra chorar ou pra rir?

Lady Francisco, que eu sempre gostei de ver em novelas, nos tempos de boas novelas, depois de publicar uma biografia fogueteira voltou a aparecer em programas de televisão, de um ano para cá. Ainda bonitona, pernas esculturais e aquele jeito de provocar risos mesmo quando não tem intenção.

Desta vez num programa do Jô ela conta que estava em Nova Iorque no dia em que houve o atentado às torres. Na rua acompanhava curiosa uma demonstração do corpo de bombeiros. Entre um exercício e outro um barulho de avião chamou sua atenção e ela olhou para cima. E então conta e gesticula feito desenho animado:

-Pouca gente viu. Acho que ninguém registrou, mas eu vi quando o avião voou em volta dos prédios, deu mais uma volta, então deu ré e avançou para o prédio!

Veja e ouça Lady( e ria):
http://videolog.uol.com.br/video.php?id=321375

Muitas fotos dela
aqui.

14 de nov de 2008

Da série "Pensa que é fácil, Zé?"


Como acontece com centenas de textos que circulam por bandas como esta, tudo vira autoria do Veríssimo ou do Sabino. O texto que abre neste link já foi atribuído até a Fernanda Young, uma chata de galocha, que pensa que é intelectual. É de rolar de rir. Inclusive com as defesas masculinas que apareceram nos comentários. Claro que as meninas vão se reconhecer. Mas os meninos precisam, aliás, deveriam ser obrigados por lei a ler.

Vamos lá: coragem!


Pois é, sócio, eu perguntei ao oráculo, esse danado!


Em tempo: eu sei criar link, mas às vezes o clique falha, e aí você vai reclamar, eu vou ter que enviar a url e ficamos nessa lenga-lenga. Clica aí e não reclama, se faz o favor!

Quando sobrar um tempinho, leia isto.

Fujo de mensagens e livros de auto-ajuda e de " isto deveria ser assim ou assado", mas esta lição é interessante. Use na dose adequada.


ONDE VOCÊ COLOCOU O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.


-Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.

-Ruim - disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.

Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:

-Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:

-Qual é o gosto?

-Bom! disse o rapaz.

-Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.

-Não, disse o jovem.

O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:

-A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.

Texto Anônimo(por enquanto)
Nas fotos: Lago Monaire, Canadá(baixaki.com.br). As demais copiadas de quem copiou de quem copiou, de quem copiou...

Colaboração do sócio do blog, Waldemar.

13 de nov de 2008

Nem Lulista nem Petista. Brasileira.

Pois é. Ignorâncias à parte, nós com 500 anos e eles com mais de mil. Eles quase afundando e nós ensinando como é que se faz.

Bandido tem dos dois lados, com cultura ou sem. Eu não gosto do Lula. Não sou petista e nunca serei. Mas devo confessar que a equipe que cuida do que interessa está dando um banho. Abomino essa roubalheira toda, essa coisa de máfia que ainda virá à tona. Que não é e nunca foi exclusividade dele. Fernando Henrique teve sorte de contar com pessoas que esconderam bem o que ele fez. Só do Bndes espalhou tanto que dava pra salvar a África toda. Sarney foi a conta do papagaio. Aquele do penacho que mandaram para a Itália, Deus nos livre! Precisa falar do Collor?

Políticos são uma m... Todos eles! Eu respeito pessoas não cargos. Por isso, por enquanto, admiro Obama como pessoa.


Acho a alternância de poder salutar e necessária. E também acredito que o que deve ser analisado e julgado é o governo e não a pessoa. Eles não fazem nada sozinhos e metade do que acontece no país não chega nem perto do gabinete do presidente. Quem já ocupou algum cargo realmente importante sabe disso. Ou deveria saber.

Lula deveria calar a boca e ler mais. E os brasileiros, por enquanto, deveriam ficar muito felizes por não estarem entre os 50 mil que já foram demitidos na Alemanha, os 20 mil ou 30 mil que perderam o emprego na Espanha, os 130 mil que perderam o emprego nos EUA, os que não têm mais onde trabalhar na França, na Inglaterra, na Islândia.

Lula fala muita besteira. Mas de vez em quando alguém escreve bonitinho pra ele ler e nos "repentes" ele acerta algumas. Ele é tanso mas não é tapado. Um sindicalista que freqüentou reuniões de treinamento intensivo sobre negociação com os maiores empresários do país e conhece bem os bastidores do Senado e da Câmara. Ele acerta quando diz que o governo e o povo devem investir em empreendedorismo e não em ciranda financeira. Em trabalho. Ou que em vez de ficar anunciando doações para a África deveriam fazer como fez o Brasil, que instalou lá um escritório da EMBRAPA para pesquisar o que pode ser desenvolvido por aquele povo para que tenham o que comer.

Ele fala negro e não afro-descendente, mas e daí? Quem fala? Você fala? Só jornalista. A cor dele é afro-descendente? Não. É negra! Não há preconceito nenhum nisso. Você não aprendeu na escola que existem diversas raças: branca, amarela, negra...?

Concordo com muitas das colocações dessa ilustre desconhecida por mim, Sra Mara Montezuma Assaf, de quem recebi um texto de um amigo, a propósito de bobagens que disse e fez o Lula, mas me cansa e irrita ver que há sempre alguém de plantão só para enunciar o lado ruim de tudo o que se faz e fez no Brasil, os esbugalhos, a falta de cultura, as gafes.

Onde estão aqueles que criticavam a quantidade de viagens que o governo brasileiro(não Lula, o governo brasileiro- não precisa personalizar), quando buscava novos e inúmeros parceiros comerciais? Não fosse isto estaríamos na mesma situação da Argentina, que depende dos EUA para sobreviver, porque é seu maior comprador, junto com o Brasil.

Ainda estamos no meio do maremoto, mas, caramba! vamos tentar pelo menos ver o que está escancarado? Será que todos os governos mundiais são cegos ou tomaram um pileque e por isto estão elogiando a economia e o governo brasileiros? Que interesse eles teriam no LULA, um pobre coitado que se aproveitou daquilo que o Brasil ofereceu? Por que não malharam aquele bom moço do "Solidariedade" da Polônia, que foi elevado aos céus por ser operário e chegar à presidência de seu país? O ruim é que Lula se auto-elogia. Isso é terrível! Concordo. E a mulher dele é feia, sem traquejo social, não faz nada o dia inteiro e é gorda. Isso é horroroso!

Eu, você, nossos vizinhos, filhos e amigos não demonstram orgulho pelas conquistas? Eu sinto. Nunca vou esconder que na empresa onde trabalhei fui a única mulher a ocupar determinado cargo. Com merecimento.


Não fico me comparando a ninguém, mas, quanta mediocridade, quanta hipocrisia! Se você, vindo de qual classe social viesse se metesse a político e chegasse a presidente ficaria mais humilde do que é? Imagine um bronco que veio do mangue. Dá um desconto! Desliga a televisão ou troca de canal quando esse cara que é o Presidente estiver falando. É o que eu faço. Só escuto os elogios indiretos e as críticas. E ultimamente não tenho precisado trocar de canal.

Lula tem que ir embora. É de lei. Ufa! E que dona Dilma não se eleja. Oremos!

Que venha um melhor, que saiba falar corretamente, que não se meta em sujidades como fez essa corja que se mistura a bons profissionais. Uma pessoa que não se compare a ninguém. Que tenha uma excelente equipe a trabalhar pelo povo. Que não diga besteiras. Que só beba no recôndito de seu lar, como tantos.Que não se aproveite do poder para benefício próprio, como tantos de agora e de antes. Que não dê cargos para amigos. Que saiba incentivar a cultura. Que faça um milagre e salve a saúde pública e dê um jeito no que fizeram com a educação os últimos dez presidentes. Que nos salve de balas perdidas...

Que seja, no mínimo, tão competente quanto foram os que acertaram.

Dá para acender a luz sobre o que temos de bom?


Alguém seguiu o roteiro de viagem da equipe do governo brasileiro antes da reunião do G-20?Bem, agora estão falando que olhos cansados e vermelhos só podem ser de festa.

12 de nov de 2008

Para cima, Avaí!






1924



2008

Fotos:
Arquivo Pessoal de Cristiano Sardá da Conceição.
JÚNIOR, Polidoro; CASTRO Júlio. O Campeão do século. Revista do Avaí. Ed. Comemorativa dos 75 anos do Avaí FC. Florianópolis: Editora Empreendedor, 1998.

JÚNIOR, Polidoro. O dia em que o Avaí parou Florianópolis. Revista do Avaí. Ed. Especial título/98. Florianópolis: Floriprint, 1998.
Slides enviados por um azul Waldemar.

Site Oficial do Avaí Futebol Clube.
Disponível em: http://www.avai.com.br

11 de nov de 2008

Curiosidades para mesa de bar

Barbie

A boneca mais famosa do mundo, lançada em 1958, foi inspirada em Barbie Handler, filha da americana Ruth Handler, fabricante de brinquedos. Ruth achava as caras das bonecas da época infantis demais e desenhou a Barbie com um ar mais adulto. Ao lado do marido Elliot, que fabricava casas de bonecas, em 1945 ela fundou a fábrica de brinquedos Mattel. Desde o seu lançamento, a boneca já vendeu mais de um bilhão de unidades. Se todas elas fossem colocadas em pé, umas sobre as outras, dariam mais de sete voltas ao redor da Terra. A cada dez segundos, uma boneca Barbie é vendida no mundo. Ken, o namorado de Barbie, de 1961, também foi inspirado no filho do casal.


Kellogg's

Em 1860, os Adventistas do Sétimo Dia que foram para Battle Creek, Michigan, formaram uma comunidade que ficou famosa pelo seu estilo de vida e alimentação saudável. O adventista John Harvey Kellogg, depois de estudar medicina, voltou a Battle Creek e tornou-se diretor do centro de saúde. Percebeu, então, que as refeições vegetarianas eram muitos leves e os pacientes partiam após curta estadia. Kellogg e o seu irmão, Will Keith, começaram a criar novas e saborosas formas de alimentos. Preparavam no vapor e na pressão vários tipos de grãos e, assim, criaram uma variado menu vegetariano. No entanto, ainda faltava um pão de grãos integrais com pouco amido. Após muitas experiências, chegaram acidentalmente aos flocos de trigo. Depois surgiram os flocos de arroz e os de milho (corn flakes). O tigre Tony, símbolo dos Kellogg's, foi criado em 1952 pela agência de publicidade americana Leo Burnett.


Jacuzzi

A Jacuzzi foi fundada no início do século XX por 7 irmãos, imigrantes italianos que se instalaram nos Estados Unidos. A empresa era bem-sucedida fabricando hélices de avião e bombas de irrigação para agricultura. Em 1956, uma pessoa da família precisou de um tratamento de hidroterapia. Os engenheiros da Jacuzzi adaptaram uma dessas bombas para ser usada numa banheira. E Roy Jacuzzi viu aí um bom negócio e colocou as banheiras de hidromassagem no mercado em 1968.


Harley-Davidson

Foi de um barracão na cidade de Milwaukee, Estados Unidos, em 1903, que saiu a primeira moto batizada com o sobrenome dos seus criadores: o desenhista William Harley e o engenheiro Arthur Davidson. E era preciso pedalar para pegar. Para a Primeira Guerra Mundial, a empresa recebeu do exército americano a encomenda de 20 mil unidades, algumas com metralhadoras. Na Segunda Guerra Mundial, voltou à luta: 90 mil motocicletas de 750 cilindradas serviram as forças americanas.


Gillette

King Camp Gillette, em 1895, percebeu que para se barbear, apenas era necessária a ponta da lâmina da navalha. Pensou então em fabricar uma lâmina de aço pequena e descartável. Os industriais não acreditavam ser possível fazer uma lâmina pequena, de bom corte e barata a ponto de ser deitada fora depois. Com a ajuda do mecânico William Nickerson, resolveram os problemas técnicos. Assim surgiu a Gillette Safety Company, em 28 de setembro de 1901. A produção começou em 1903 e no primeiro ano foram vendidos 51 aparelhos e 168 lâminas. Os negócios dispararam em 1905. Durante a Primeira Guerra Mundial, o governo americano encomendou 3,5 milhões de aparelhos e 36 milhões de lâminas para os seus soldados. Nessa época, a empresa já vendia 1 milhão de aparelhos e 120 milhões de lâminas por ano. A Gillette lançou o conceito de 2 lâminas paralelas em 1971 e o Sensor, em 1990.


Farinha Láctea Nestlé

Em 1867, Henri Nestlé, um químico alemão que morava em Vevey, na Suíça, descobriu um mercado emergente: o dos alimentos infantis. Começou a fabricar uma farinha nutritiva para crianças, à base de cereais e leite: a Farinha Láctea Nestlé. O nome Nestlé, em alemão, significa "pequeno ninho". E foi justamente esse o símbolo da empresa, porque traduz o carinho da mãe com os filhos. A Nestlé, é a maior indústria alimentícia do mundo.

Fanta

Em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, quando a fábrica alemã da Coca-Cola deixou de receber o xarope usado no preparo do refrigerante, os donos da fábrica tiveram de ir à procura de novos ingredientes e inventaram a Fanta. O nome, escolhido pelos empregados da empresa, foi tirado da palavra fantástica, que é parecida em muitas línguas. Entre 1945 e 1955, a marca Fanta foi usada apenas para não perder o registro. Só foi ressuscitada de verdade para o lançamento de um refrigerante de laranja criado pela Coca-Cola italiana em abril de 1955. Fez sucesso e foi conquistando o mundo, chegando aos Estados Unidos em 1959.


Donuts

Em 1946, os donuts do americano William Rosenberg faziam tanto sucesso que o horário do lanche das indústrias da região da Nova Inglaterra passou a ser ajustado ao seu itinerário. Para facilitar o consumo, o donut vinha envolto no açúcar e o café simples, sem açúcar, era servido numa caneca. Todos os clientes mergulhavam o doce no café antes de saboreá-lo. Os clientes satisfeitos insistiram para que ele abrisse uma loja. E assim formou-se a grande rede. As rosquinhas foram criadas no século XVI por padeiros holandeses, mas ainda não tinham o tradicional furo no meio. Isso só apareceu em 1847, criado pelo marinheiro americano Hanson Gregory. Essa criação valeu-lhe uma placa de bronze na sua cidade natal, Rockport.


Danone

Em 1919, o espanhol Isaac Carasso começou a fabricar iogurte com leite fresco num pequeno galpão depois de ouvir falar dos benefícios do alimento. Batizou-o de Danone, as primeiras letras do nome do filho, Daniel, unidas à palavra inglesa one, pois o menino era o primogénito. O negócio prosperou por Espanha e, em 1932, Daniel Carasso montou uma fábrica na França. Daniel era judeu, e, quando estourou a Segunda Guerra Mundial, foi obrigado a exilar-se nos Estados Unidos. Lá fundou a Dannon Companny. Nesse período, as fábricas francesa e espanhola tinham ficado com pessoas de confiança e, quando Daniel voltou à Europa, em 1952, reassumiu o controle.


Playboy

Em 1953, aos 27 anos, o americano Hugh Hefner era diretor de circulação da revista Children's Activities. Ele acreditava que havia mercado para uma revista de jovens adultos, mas as publicações masculinas eram sobre caçadas, armas, carros, etc., e ignoravam os assunto que mais preocupava os homens: mulheres. Por 500 dólares, comprou os direitos de fotos que Marilyn Monroe tirou para um calendário no início de carreira, emprestou dinheiro com amigos e parentes e criou uma revista. O nome seria Stag Party (em português, farra) e o símbolo, um veado a fumar e à espera de uma companhia feminina. Na véspera do lançamento, porém, Hefner descobriu que havia uma publicação com esse nome. Pensou em vários outros - Top Hat, Bachelor, Gentlemen - até que um amigo sugeriu Playboy, nome de uma fábrica de carros falida. E Hefner encomendou ao desenhista Arthur Paul uma nova mascote. O coelho foi adoptado e hoje é uma marca mundialmente conhecida. Em outubro de 1953, dos 69.500 exemplares do primeiro número, 54.175 foram vendidos.


Ovomaltine

O químico suíço Georges Wander pesquisava de um complemento alimentar nutritivo e forte e interessou-se pelo extrato de malte, obtido da cevada. A sua morte fez com que o seu filho, Alberto, continuasse as pesquisas. Em 1904, Alberto Wander criou a fórmula do Ovomaltine, com extrato de malte de cevada, ovos, leite integral, cacau, vitaminas e sais minerais. Dois anos depois, começou a produzi-lo na cidade de Berna.


Nescafé

Nos anos 30, houve uma superprodução de café e os preços do produto no mercado internacional desceram bastante. O Brasil, o maior produtor da época, entrou numa crise séria. Entre 1931 e 1938, foram destruídas 65 milhões de sacas de café. Então as autoridades brasileiras sugeriram que a Nestlé, que já fabricava leite em pó, desenvolvesse um café solúvel. As pesquisas de Hans Morgenthales levaram 7 anos e o seu grande mérito foi descobrir que se deveria acrescentar hidratos de carbono à matéria-prima para manter o aroma do café. A produção de Nescafé foi iniciada em 1939.

8 de nov de 2008

Como se faz um homem

Para minha mãe, a religião organizada muito freqüentemente esconde sua mentalidade limitada sob o manto da piedade; e a crueldade e a opressão, sob o da honestidade. Mas isso não quer dizer que ela não me transmitiu valores religiosos. Para minha mãe, o conhecimento de pontos importantes das grandes religiões do mundo era uma parte necessária de uma educação impecável.

Em nossa casa, a Bíblia, o Alcorão e o Bhagavad Gita ficavam na prateleira juntamente com os livros da mitologia grega, norueguesa e africana. Na Páscoa ou no Natal [minha mãe] me arrastava para a igreja, assim como para templos budistas, para a celebração do Ano Novo chinês, para santuários xintoístas ou para antigos locais de rituais hawaianos. Mas fui educado para entender que isso não exigia nenhum compromisso de longo prazo da minha parte, nenhum esforço introspectivo maior ou autoflagelação.

Para minha mãe, a religião era uma expressão da cultura humana; ela não explicava a origem da humanidade, era apenas uma das muitas formas – e não necessariamente a melhor maneira – de o homem tentar controlar o desconhecido e entender as mais profundas verdades sobre nossa vida. Em suma, minha mãe via a religião pelos olhos da antropóloga que ela viria a ser; era um fenômeno a ser tratado com respeito, mas também com desapego. (.....)

E, apesar do seu secularismo, minha mãe era de muitas formas a pessoa mais espiritualizada que conheci. Tinha um instinto inabalável para a bondade, a caridade e o amor, e passou grande parte da sua vida agindo de acordo com estes instintos, às vezes em detrimento de si mesma.

Sem a ajuda de textos religiosos ou autoridades externas, trabalhou muito para transmitir a mim os valores que muitos norte-americanos aprendem na escola dominical: honestidade, empatia, disciplina, capacidade de postergar a gratificação pessoal e trabalho duro. Enfurecia-se com a pobreza e a injustiça, e desprezava aqueles que eram indiferentes a ambas.”

Você já deve saber quem é o autor. Para ler mais e descobrir o quanto universalista é essa pessoa, entre neste site. Não! Nada a ver com religião. Bom é ler todo o texto.

O texto foi enviado por Waldemar, que bem colocou que não é preciso ser fã para admirar seus pensamentos.

De minha parte torço para que essa educação esmerada resulte e benefícios para muita gente.

7 de nov de 2008

Quebre a cabeça

Ou guarde para aqueles dias de nada para fazer, ou de muita criança para acalmar.

http://puzzle.chezmaya.com/index.php/accueil.html

Não estranhe a língua e explore os links. O site é ótimo!

4 de nov de 2008

O Gosto da Liberdade Saudável

Hoje foi dia de começar a descobrir como é a vida sem o implante que me poupou de, pelo menos:
- 131 meses de TPM(ou SPM);
- 1600 absorventes;
-250 analgésicos;
- 660 noites sem dormir bem; e
- me garantiu hematócritos em número mais alto que meus 35/36 de média, durante quase 6 anos.

Entre essas e outras coisas, me deixou chegar aos 54 sem precisar de reposição hormonal, sem calorões, sem depressão.

Para saber do que estou falando leia e explore
este site e decida com seu médico de confiança, se essa alternativa também pode ser sua.

O autor da idéia também responde perguntas que ficam no site para consulta.

Alguma pergunta para quem usou?