TRANSLATOR( BLOG OR POST)

31 de jul de 2008

Taish tolo, taish?

Com tradução, especialmente para quem já andou pelo Brasil todo, mas é paulista de Taubaté!

"No final do arrastão, quando milhares de tainhas pulavam nas areias da praia, um rapaz surrupiava algumas e já se esgueirava entre a multidão que ali estava assistindo à bela cena do triunfo dos manezinhos pescadores, quando foi interpelado por um deles , que, largando o balaio na areia, correu e disse-lhe:

Ó, lhó, lhó, rapagi, tás tolo, istepô, intiquento, miserento, digraçado!
Olha aqui, rapaz, o que é isto? Seu praga, provocador, miserável,desgraçado!

A pinta da tua mãe tá cheia de bicho berne!
Tua mãe é uma vagabunda podre!

Tás querendo uma camassada de pau, sô amarelo?
Queres levar uma surra, seu minguado?

Num tô ti parando pelo valori das tainha, cadiquê tempeixe à migueli, magi pramode di ti dizê pra ti, caquí na Ilha num tem genti da tua parecença.
Não estou te fazendo parar pelo valor das tainhas, que aqui tem peixes aos montes, mas pra dizer pra ti, que aqui na Ilha não tem gente da tua laia.

Sí tás brocado e maleixo, tudu bem é só pedi qui nós dãmu; magi si é a farsafé, e di malinagi pra engabelar e morcegar nós,qui tamo aqui di sóli-a-sóli no maió saragaço, ti acarqueto os zóio, tienfenco a mão nas venta e ainda chamo os meganha pra ti alevá!
Se estás com fome e sem dinheiro, tudo bem, é só pedir que nós damos; mas se é por má-fé e de malandragem para enganar e nos lograr; nós que estamos aqui de sol a sol na maior trabalheira, te furo os olhos, enfio um soco no nariz e ainda chamo a polícia pra te prender!

O rapaz, ainda meio atordoado, pergunta baixinho: " Meu caro pescador, afinal eu levo ou não levo os peixinhos?"

Comentário de Neu: "Nas minhas andanças por nosso Brasil, uma ocasião, sugeri como pauta de um programa de TV, colocar num bate papo, somente um mineiro, um gaúcho, um catarinense e um maranhense, para explicar tudo a um paulista.Tenho a certeza que no fim do dia, algum deles puxa uma arma e mata os demais."

Concordo, porque eu que vivo aqui tive entendi tudo, mas passei algum trabalho para traduzir
.

28 de jul de 2008

De Olho na Bomba!


COMO POUPAR NA CONTA DE COMBUSTÍVEL

O autor deste texto trabalha numa refinaria há 31 anos. Assim, que pode você levar a sério os truques a seguir para aproveitar ao máximo seu combustível e, portanto, seu dinheiro.

*1º.Truque: Encher o tanque pela manhã cedo.

A temperatura ambiente e do solo é mais baixa. Todas as estações de serviço têm seus depósitos debaixo terra. Ao estar mais fria a terra, a densidade da gasolina e do diesel é menor. O contrário se passa durante o dia, quando a temperatura do solo sobe e os combustíveis tendem a expandir-se. Por isto, se você enche o tanque ao meio-dia, pela tarde ou ao anoitecer, o litro de combustível não será um litro exatamente.

Na indústria petrolífera a gravidade específica e a temperatura de um solo têm um papel muito importante. Onde eu trabalho, cada carregamento de combustível nos caminhões é cuidadosamente controlado no que diz respeito à temperatura. Para que a cada galão vertido na cisterna do caminhão seja exato.

*2º Truque: Quando encher o tanque, não aperte a pistola ao máximo(peça para o frentista).

Segundo a pressão que se exerça sobre a pistola, a velocidade pode ser lenta, média ou alta. Prefira sempre o modo mais lento e poupará mais dinheiro. Ao verter mais lentamente, cria-se menos vapor. Todas as mangueiras colocam vapor no tanque. Se encherem o tanque apertando a pistola ao máximo, uma percentagem do precioso líquido que entra no depósito se transforma em vapor e volta pela mangueira ao depósito da estação . Com isso consegue-se menos combustível pelo mesmo dinheiro.

*3º. Truque: Encher o tanque antes de que este baixe da metade.

Quanto mais combustível tenha no depósito, menos ar há no mesmo. O combustível se evapora mais rapidamente do que você pensa. Os grandes depósitos e cisterna das refinarias têm tetos flutuantes no interior, mantendo o ar separado do combustível, com o objetivo de manter a evaporação ao mínimo.

*4º Truque: Não encher o tanque quando o posto estiver sendo reabastecido e nem imediatamente depois.

Se você chegar ao posto de serviço e vir um caminhão cisterna que está repondo os tanques subterrâneos da mesma, ou acaba de reabastecê-los, evite, se puder, abastecer em dita estação nesse momento. Ao reabastecer os tanques, remove-se o combustível restante nos mesmos e os sedimentos do fundo. Assim sendo, você corre o risco de abastecer com combustível sujo.

Notas:

1. O texto foi adaptado (e corrigido) conforme a língua portuguesa brasileira. O original foi-me enviado na versão de Portugal.

2. Eu juro que tentei achar o autor desses conselhos, mas parece que todos os blogs portugueses já publicaram e até alguns no Brasil, então, se o autor passar por aqui, apite!

3. Todos os conselhos são válidos para nosso etanol e diesel ecológico, todavia, não sei se a densidade do álcool se altera com a temperatura como ocorre com a gasolina e diesel. Algum químico/físico de plantão?

4. Essa bomba de bar para encher de cerveja ou outra bebida alcoólica encontrei neste site.

26 de jul de 2008

Seleta de Sábado

Não que seja raro, mas esta noite, mais uma vez, despertei e fiquei salvando o mundo num atropelo de pensamentos.

Aquelas crianças no programa da Oprah a chorar copiosamente de saudade de uma mãe, que foi-se embora com outro há dois anos e nunca pra nunca mais, não havia jeito de tirar da cabeça. Que crueldade! A menina hoje com 11 anos, precocemente amadurecida e o menino com 5.

-Eu até fiz cara de cachorrinho triste pra ela ficar, mas não adiantou, disse o pequeno entre lágrimas que pareciam não ter fim. (Não perca de vista que quando ela se foi ele tinha 3 aninhos!)

Assim começou minha noite de sexta-feira. Encharcando uma toalha de papel. Só podia virar insônia.

Nem vou comentar a crueldade, mas fico pensando: Como um homem pode se apaixonar por uma mulher que abandona os filhos, caraca? Como ele consegue respeitá-la? Como uma mãe tira os filhos de sua vida assim por um cara? Que raio de coração é esse que não tem espaço para os filhos?

Enquanto escorregava pelo túnel da insônia, tendo como pano de fundo aqueles dois pares de olhinhos tristes, decidi que o dia seguinte(hoje) seria boa hora para arrumar algumas coisas em meu armário de bagunça.

Pastas e mais pastas, papelotes, fotografias a escanear. E se a indesejada das gentes chegasse, o que as pessoas fariam com isso tudo? Tá louco! Entonces, lá vai o primeiro pensamento do primeiro retalho de papel de uma pasta cheia de coisas inúteis mas importantes:

"Acredito no positivo, não no negativo. Os riscos são os mesmos." Oscar Motomura

23 de jul de 2008

Mais uma listinha para gastar no bar

O CORPO HUMANO

Você Sabia?

- Cientistas afirmam que quanto mais você sonha, mais aumenta o seu Q.I.

- A maior célula do corpo é o óvulo e a menor é o espermatozóide.

- Você usa 200 músculos para dar um único passo.

- Uma mulher de estatura mediana é 15 cm mais baixa que um homem de estatura mediana.

- Seus polegares são formados por 2 ossos cada, enquanto os demais dedos são formados por 3 ossos.

- Um par de pés humanos contém 250.000 glândulas sudoríparas.

- A bexiga cheia é quase do tamanho de uma bola de softball.

- O ácido dentro do seu estômago é forte o suficiente para dissolver o aço de lâminas de barbear.

- Uma célula do cérebro humano pode conter 5 vezes mais informação do que a Enciclopédia Britânica.

- A comida leva 5 segundos para ir da sua boca ao seu estômago.

- Os sonhos humanos duram na média de 2 a 3 segundos.

- Homens sem cabelo no peito são mais propensos a ter cirrose no fígado do que os que os peludos.

- No momento da concepção, você passou cerca de meia hora sendo uma única célula.

- Existem cerca de 1 trilhão de bactérias em cada um dos seus pés.

- Seu corpo gasta em 30 minutos calor suficiente para ferver mais de 1.5 litros de água.

- O esmalte dos dentes é a substância mais dura do seu corpo.

- Os seus dentes começaram a crescer 6 meses antes de você nascer.

- Quando você olha para alguém por quem está apaixonado, suas pupilas se dilatam, do mesmo jeito que fazem quando você olha para alguém que odeia.

- Seu polegar é do comprimento do seu nariz.

Exatamente neste momento, eu tenho certeza que você está testando a última afirmação...

Agora, tire seu polegar de cima do nariz, copie e passe este texto para os amigos que você sabe que estariam interessados em comparar o tamanho dos polegares com o dos seus narizes.

Na falta de coisa melhor para fazer...

Quem mandou isto para mim, sabia que eu iria cumprir todas as etapas.

22 de jul de 2008

Netos em Férias?

Faltam idéias para ocupar essas mentes tão buliçosas e irrequietas?


Olha só o comum virando maravilha!


Tenho pena do seu jardim, mas acho que até podem ser feitas com papel.


Só podia ser coisa desa gente tão paciente!


Guarde a idéia para as próximas férias, que essas(ufa, Mila?) já estão terminando.

21 de jul de 2008

Do Outro Lado do Mundo


Do outro lado do mundo chegou uma flor. Faz algum tempo.Ficou guardada e não perdeu beleza nem perfume.
Flores chegadas sem outro motivo além do carinho têm um je ne sais quoi que me deixa com a alma em festa.
Obrigada, São! Você é uma flor.

15 de jul de 2008

Uma ciganinha

Olhe bem nos olhos desta ciganinha. Conheça a história dela, que é a história de tantos!

Eu descobri que carrego no sangue um sobrenome(Romani) que significa cigano. Já escrevi sobre isso em algum lugar desse blog. Mas não é por isso que me entristece essa história contada e noticiada com tanta sensibilidade.

Série "Você Sabia?"

O pior cego é o que não quer ver

Significado: Diz-se da pessoa que não quer ver o que está bem na sua frente. Nega-se a ver a verdade.

Histórico: Em 1647, em Nimes, na França, na universidade local, o doutor Vicent de Paul D'Argenrt fez o primeiro transplante de córnea em um aldeão de nome Angel. Foi um sucesso da medicina da época, menos para Angel, que assim que passou a enxergar ficou
horrorizado com o mundo que via. Disse que o mundo que ele imagina era muito melhor.
Pediu ao cirurgião que arrancasse seus olhos. O caso foi parar no tribunal de Paris e no Vaticano. Angel ganhou a causa e entrou para a história como o cego que não quis ver.

Andar à toa

Significado: Andar sem destino, despreocupado, passando o tempo.

Histórico: Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra.

Um navio que está "à toa" é o que não tem leme nem rumo, indo para onde o navio que o reboca determinar. Uma mulher à toa, por exemplo, é aquela que é comandada pelos outros.
Jorge Ferreira de Vasconcelos já escrevia, em 1619: Cuidou de levar à toa sua dama.

Casa de mãe Joana

Significado: Onde vale tudo, todo mundo pode entrar, mandar, etc.

Histórico: Esta vem da Itália. Joana, rainha de Nápoles e condessa de Provença (1326-1382), liberou os bordéis em Avignon, onde estava refugiada, e mandou escrever nos estatutos: "que tenha uma porta por onde todos entrarão". O lugar ficou conhecido como Paço de Mãe Joana, em Portugal. Ao vir para o Brasil a expressão virou "Casa da Mãe Joana". A outra expressão envolvendo Mãe Joana, um tanto chula, tem a mesma origem, naturalmente.

14 de jul de 2008

Golpe de Estado

O que não se vê nas telinhas está aqui.

Quem estava torcendo para a volta da ditadura, pode começar a aplaudir.

Os respeitáveis cidadãos que pagam a conta fechem o nariz, que a coisa fede!


Nem o mais hábil e inspirado escritor de histórias de suspense, espionagem e crimes seria tão criativo. A realidade supera a ficção.

Alguém vai lançar a campanha na internet pelo afastamento desse truculento cidadão?

Será que eu sou desconfiada demais ou o elemento foi solto para poder fugir, tãozinho igual àquele que agora está prestes a voltar de Mônaco?

12 de jul de 2008

O Homem Só

Ele era muito solitário. Morava num lugarzinho de quarto e cozinha. Não tinha amigos. Era só ele, a mesa, a cama e as paredes.

Um dia encontrou no lixo um pôster de uma estradinha no meio de um bosque. Pendurou na parede que ele olhava fixamente antes de dormir, no lado direito da cama.

Naquela madrugada de chuva e frio, enquanto o sono não vinha, começou a lembrar de tudo o que sonhara para ele desde a infância.

Levantou, vestiu o casaco, calçou as botas, pegou o guarda-chuva, entrou pelo pôster e nunca mais ninguém viu.

Foto do Caminho de Santiago

11 de jul de 2008

10 de jul de 2008

GESTÃO CONTEMPORÂNEA



"Semana passada convidei uns amigos para um almoço em um restaurante próximo ao nosso escritório, e notei que o garçom que nos atendeu levava uma colher no bolso da camisa. Achei esquisito, mas tomei isso como um fato casual. No entanto, quando o encarregado da mesa trouxe água, copos e talheres, notei que ele também tinha uma colher no bolso da camisa. Olhei em volta, no salão, e percebi que todos os garçons, garçonetes e atendentes também levavam uma colher no bolso da camisa. Quando o garçom voltou para tomar o pedido, perguntei:

-Por que a colher?

Bom, - explicou - os donos do restaurante contrataram a consultoria Andersen, experts em eficiência, com o objetivo de revisar e melhorar todos os nossos processos. Depois de muitos meses de análises estatísticas, eles concluíram que os clientes deixavam cair no chão a colher com 73% maior freqüência do que os outros talheres. Isso representava uma freqüência de queda de 3 colheres por hora por mesa. Se o nosso pessoal ficasse preparado para cobrir essa contingência, nós poderíamos reduzir o número de viagens à cozinha e, assim, poupar mais de uma hora e meia por homem por turno.

No momento em que estávamos falando, escutou-se um som metálico na mesa atrás da gente. Rapidamente o garçom que nos atendia trocou a colher caída por aquela que ele levava no bolso, e me disse:

- Pegarei outra colher quando for à cozinha, assim não farei uma viagem extra para buscá-la agora.

Meus amigos e eu ficamos realmente muito impressionados. O garçom continuou a anotar o nosso pedido. Enquanto meus convidados ordenavam, continuei a observar ao meu redor. Foi então, quando observei de relance uma cordinha fininha pendurada no zíper da calca do garçom. Rapidamente, percorri com o olhar o salão para me certificar que todos os garçons levavam a mesma cordinha pendurada no zíper da calca. A minha curiosidade foi muito grande e, antes do garçom se retirar, perguntei:

-Desculpe, mas por que tem essa cordinha justo aí?

-Oh, sim! - respondeu, e começou a falar em um tom mais baixo: Não tem muitas pessoas tão observadoras quanto o senhor. Essa consultora de eficiência da qual lhe falei, achou que nós também poderíamos poupar tempo na ida ao banheiro.

-Como é isso?

- Veja bem: amarrando esta cordinha na ponta do....bem, você já sabe, podemos sacá-lo para mijar sem tocá-lo e dessa forma, eliminamos a necessidade de lavarmos as mãos, encurtando o tempo gasto no banheiro em 67% por homem.

- Que ótimo, isso tem muito sentido, mas....se a cordinha ajuda a sacar, como é que volta a guardar sem encostar a mão?

- Bem, eu não sei como fazem os outros, mas eu uso a colher."

9 de jul de 2008

E essa ficha que não cai!

Pessoas, muito, muito, muito obrigada pelos cumprimentos recebidos através dos comentários e por e-mail. Todos foram ou serão retransmitidos.

O dia estava lindo, muito sol, nada daquele frio de quebrar queixo, que todos temiam. Noiva nervosa como deve ser, noivo falador estampando nervosismo também(mais de meia hora para fazer o tal nó Windsor na gravata!).

Tudo planejado e executado por eles nos mínimos detalhes(com os pitacos da mãe/sogrinha, evidentemente, para que a festa não virasse uma tarde numa casa de café colonial- de onde eles tiraram essa idéia só Deus sabe!).

As famílias se comportaram, os amigos idem. Com a lei seca nenhum bebum se atreveu a esvaziar o barril de chopp. Os noivos só molharam o bico na taça para a foto, então fui obrigada a quase secar a garrafa, mas dirigi na volta direitinho, sem chamar a atenção de nenhum marronzinho.

Todo mundo sorridente, nas poses que o fotógrafo pediu e repetiu quando foi preciso. As fotos estão sendo recolhidas, editadas e concentradas. Com essa tecnologia na mão de todos acho que o HD vai estourar. Vida de artista é difícil, acreditem!

E antes que começasse a bagunça por conta do aniversário do noivo, três dias depois do casório, a mãe coruja aqui fez o brinde, aprovado pela avó, sentada ao ladinho do noivo, toda exibida:

"É bom lembrar que a paixão passa, o amor pode se transformar, mas o carinho e o respeito têm que estar presentes todos os dias!" (Foi de bom tamanho, né?)

Amigo Bruno, eu também ainda não entendo como é que esse gurizinho, que corria pelos corredores do Treinamento virou marido com essa pose.
A primeira foto foi tirada por mim na porta do cartório; a segunda no mirante da Lagoa da Conceição, há mais de 20 anos.

1 de jul de 2008

Prezados ouvintes, leitores e afins


Estamos numa doidera de correria por estas bandas.

Não bastasse o casamento do filho neste final de semana, o que implica sair, comprar, pagar, conversar, telefonar, irritar-se com uns e outros, estamos com carro na oficina, o que só complica ainda mais essa coisa toda, eis que temos o cachorrinho na clínica para extrair dentinhos teimosos, que não saem. A pé não dá, né? Se eu entrar com ele no executivo vai ser uma loucura! Quê? Táxi ? Cinquënta quilômetros, ermão!

Nós próximos dias voltaremos a ficar quase normais, escrevendo e visitando blogs. Aguardem.

Abraços cheios de nevoeiro. (Que coisa, hein?? Faz dois dias que estamos cobertos por uma camada teimosa de neblina. É tudo o que se consegue de Londres sem viajar.)