TRANSLATOR( BLOG OR POST)

29 de dez de 2008

O dia em que quase joguei dois soldados no mar


Confere comigo se não é maldade.
Policial daqui entrou em greve. Eu só soube por ouvir na TV. Minas Gerais mandou um contingente para dar uma mãozinha na temporada e pegar uma corzinha.

Mas não precisava abusar dessa rapaziada, que é isso?

Hoje fez muito, mas muito calor mesmo. Sem vento. A praia com muita gente caminhando desde cedo. Lá pelas nove da madrugada vou eu, depois daquela rotina de plantas e bichos. Na metade do caminho uma miragem: dois policiais debaixo daquele solão. Caras de soldados rasos, não muito mais velhos do que 21 anos.
Agora a maldade: Traje completo enquanto todo mundo estava de vento a favor. Consegue imaginar? Coturno, calça comprida de algodão grosso, camisa de manga longa e embaixo daquilo tudo aparecia uma pontinha de camiseta branca. E eles sorriam os inocentes!

Gente, andar de tênis nessa areia fofa é um desafio. Imagine de coturno e suando em bicas. Maldade desse comandante, só pode. Será quem em Minas ninguém ouviu falar de uniforme de verão? Bermuda, chinelo de dedo, camisa curta? Oh, sim. Minas não tem mar, mas tem calor, certo?

Bem, pelo menos usavam um boné bico de pato os dois pobrezinhos.

Eu deveria mesmo tê-los jogado na água, os bonitinhos!

28 de dez de 2008

Avisa aí que nóis nun qué

Ângela, uma amiga virtual e de vários papos e comentários chega à minha casa e traz pendurado na corda, bem amarradinho, seu namorado. Uma grande alegria. Coisa boa abraçar e tornar real uma amizade nascida assim quase sem intenção.

Conversa pequena que os dois"coxas brancas" estão doidos por areia. Eles vão primeiro. Sol no capricho, mas muito cedo para uma jovem senhora aposentada.

Dizer que tinha sol era pouco. Ontem foi um dia de encomenda. Mar azul feito um time que eu conheço, praia com gente na medida, e nada de criançada jogando areia, chorando por coisa nenhuma.

O jovem casal desanima do frescobol assim que eu desço a duna."Difícil acertar essa bolinha!", diz ele. Mais fácil sentar na sombra pouca do guarda-sol, que eu chamo de sombrinha e há quem chame de barraca. Barraca!

Bom papo e poucos banhos, que a água ainda não esquentou e vamos levantar os panos, que o casal quer conhecer o restaurante dos bilhetinhos pendurados na parede.

E para provar que ainda faltam vários dias para encerrar essa fase pré-aniversário, a surpresa do dia foi voltar pra casa e descobrir que limparam o carro deles: rádio, telefones, óculos, pasta de trabalho, documentos.

Imagine que final de visita. Imagine minha cara de sem-graça. De fúria. Invadir o carro assim à luz do dia, em frente a um prédio onde não param de entrar e sair pessoas.

Está pensando em dar uma voltinha em Floripa? Se for do bem venha, tranque tudo a sete chaves e faça de conta que nossa vidinha tranqüila já era. Porque já era mesmo! Não vá pensando que porque fica longe do centro, que só porque tem pouco morador a bandidagem não se dê ao capricho de se aproveitar da tranqüilidade.

Tô avisando: tem gente demais no paraíso. Vai-te embora, coisa ruim!

27 de dez de 2008

Inferno astral, que nada!


De Julho para cá foram várias oportunidades de testar minha resistência e paciência e, mais que tudo, minhas emoções:

Julho- casamento do filho
Agosto- internação de emergência
Agosto- morre meu gato Pipoca
Setembro- ventania destrói meu jardinzinho
Novembro-metade do estado sofre desastres por conta de chuvas torrenciais
Novembro-infiltrações do temporal encharcam meu apartamento
Dezembro- um dente quebrado, forno micro-ondas queimado(duas vezes), abajour incendeia em plena madrugada...

Só faltam 30 dias. Calma, Clarice!

A rosa foi uma das três me alegraram em Dezembro e que consegui salvar dos dentinhos dos gatos, depois do temporal. Levantar, ir até o terraço, enfiar o nariz na rosa e começar o dia com o perfume mais doce que existe.

Diga aí: a vida não é mesmo boa?

Não consigo enviar o perfume, mas a rosa é para vocês(cliquem sobre ela para aumentar).

18 de dez de 2008

Só para honestos e descarados

Se você não tem medo de assuntos polêmicos; se prefere palavras inteiras às meias-palavras; se adora encarar um touro de frente, ou se derreter com histórias de amor inventadas, precisa ler vários dos textos que aparecem da mente diabólica e malandra por encomenda dessa dupla de ex e convidados.

Presta atenção aí, espertalhão: com menos de 18 não entra. (Ai, essa ficou terrível de evidente!) O site não é recomendado para menores de idade. (Agora ficou bem rebocado.) Sério, eles são pra lá de inteligentes, engraçados, polêmicos, adoram provocar, mas têm uma mente sem censura e vão fazer aparecer seu melhor e pior lado. Enfim. Só lendo pra saber.

Ah, e quem comenta dá um tempero especial. Cada figuraça! Vai lá, vai!

Exagerei, Sally?

Antes de terminar o ano

Experimente clicar nas figurinhas deste relógio. Um jeito interessante e divertido de ver o final de um ano e o começo de outro.

Em tempo: Não tenho nada a ver com a empresa. Recebi, gostei e passo a brincadeira adiante.

17 de dez de 2008

Achou!

Procurando por isto?

Já está em um milhão de blogs. Só faltava aparecer aqui.

16 de dez de 2008

Adorei isto!


AVISOS PARA QUEM VISITAR MINHA CASA


1. Seja bem-vindo.

2. Lembre-se de que os cachorros vivem aqui. Você não.

3. Se você não quer pelos de cachorros em suas roupas, fique longe dos móveis.

4. Sim, os cachorros/gatos têm hábitos desagradáveis. Eu também, assim como você. E daí?!

5. CLARO que eles cheiram a cachorros. Já percebeu como nós, humanos, cheiramos ao final de um dia de trabalho? Coloque-se no lugar de alguém que tem um olfato 2.000 vezes mais sensível que o seu e que mesmo assim sempre o receberá com explosões de carinho no retorno ao lar. 6. É da natureza deles tentar cheirar você. Por favor, sinta-se à vontade para cheirá-los também.

7. Se existisse algum risco dos cachorros mordê-lo, eu não os deixaria se aproximar de você. Porém, não posso impedi-los de responder a agressões, as quais podem ocorrer até em pensamento, seja para com eles, seja para comigo a quem devotam fidelidade. Os cachorros percebem, tenha certeza.

8. Você já tentou beijar alguém e recebeu em troca um empurrão? Se um cachorro tentar lambê-lo é porque aprova sua presença e quer demonstrar isso carinhosamente a você; e lembre-se que cachorros não mentem ou fingem.

9. Aqui cachorros recebem devidos cuidados veterinários, alimentação sadia e cuidados higiênicos. São mais vacinados e desverminados do que a maioria dos humanos. Sua companhia é altamente recomendada pelos médicos, como fonte inesgotável de carinho, estímulo e anti-stress. Lembre-se que a maioria das doenças que contraímos ao longo da vida com certeza nos são transmitidas por outros humanos.

10. Há diversas situações nas quais cachorros são preferíveis a pessoas. Afinal de contas, sempre podemos confiar inteiramente em sua fidelidade e sinceridade. Como disse o Cat Stevens: "I love my dog as much as I love you, but your love may fail, his love will always come true"*.
11. Para alguns eles são simples cachorros. Para mim são seres que andam de 4 e não falam tão claramente mas se expressam muito bem. Eu não tenho problema em nenhum desses pontos. E você?

12. Volte sempre que quiser, pois será bem-vindo. Até pelos cachorros. Eles são mais sensíveis que nós, bastando se aproximar para distinguir com clareza verdadeiros amigos de pessoas falsas.


AVISOS PARA QUEM ANDAR NO MEU CARRO


1. Seja bem-vindo.

2. Lembre-se de que os cachorros usam este carro aqui sempre. Você não.

3. Se você não gosta de pelos e odor de cachorros, não aceite minha carona.

4. Os cachorros me cuidam e me amam. Eles são passageiros constantes e importantes. Assim como eles, sinta-se livre para latir ou rosnar para os estranhos que se aproximam.


Luciana De D. Pinheiro


(*) Mais ou menos isso: Amo você como amo meu cão. Mas você pode deixar de amar. Ele não.

15 de dez de 2008

Um exagero!

Não bastava que fossem bonitos. Eles ainda cantam!

http://www.youtube.com/watch?v=IOBzcHKOAxs

Bom para quem está cansado de vozes anasaladas e gritinhos sem sentido.

Enviado por WHD

13 de dez de 2008

Aquelas coisinhas velhas

Quando sobrar um tempinho, dê uma espiada nos seus armários e veja se consegue encontrar aquelas panelas e pratos, talheres e utensílios de cozinha que você não usa há tanto tempo que nem lembrava mais. Aquela faca de ponta partida, a colher de cabo torto...

Eu sei que muito já foi dado e muito seremos sempre agradecidos por tanta generosidade. Sou apenas mais uma voz transmitindo os apelos. Os sem casa e também os que retornaram as suas casas e perderam tudo, estão precisando de apetrechos de cozinha, algum eletrodoméstico usado que está largado num canto, funcionando, mas velhinho.

Eles não ligam a idade, não. É de alguma coisa assim pra peprarar uma comidinha de criança, um ventilador velho, mas que ajude a diminuir o calor de algum idoso, de alguém já cansado de limpar o barro de dentro de casa.

É de tanta coisa que eles precisam que eu nem sei como fazer o pedido, mas eu sei que quando você trocar seus velhos apetrechos de cozinha vai lembrar dessa água toda e do tanto que doeu ver tudo seguir o caminho do rio e do mar. Voltar pra casa e só ter paredes.

Aquelas cadeiras sem par, alguma mesinha lascada, um sofá abandonado. Uma cama que você vai dispensar. Qualquer móvel, qualquer um. É só deixar nos postos de entrega da Defesa Civil, que eles mandam pra essas pessoas, que pelo menos poderão ter onde sentar, onde dormir e uma colher, um garfo para comer.

Para eles isso vai ser um presentão de Natal

Mil, mil e mais mil vezes obrigada!

10 de dez de 2008

9 de dez de 2008

Danou-se!

Pronto! Não tem mais jeito! Agora é que não vai sobrar um trocadinho no final do mês.

Como resistir a
isto?

Eu quero tudo o que vou clicando. Claro que vou ter que me mudar para um galpão, mas não é aquilo que a gente sonha desde que começou a olhar para o fogão?

Nossa Senhora das panelas e apetrechos que me proteja!

8 de dez de 2008

Os 12 Mandamentos dos Médicos do SUS




Os mandamentos se estenderam também para os médicos que nos atendem pelos convênios, em hospitais particulares. A diferença é só o preço que pagamos pelos convênios, e o SUS, que também não é barato. Além da fila, que nos dois casos também não anda.


01- Se você não sabe o que tem, dê VOLTAREN.
02- Se você não entende o que viu, dê BENZETACIL.
03- Apertou a barriga e fez 'ahnnnnnnnn', dê BUSCOPAN.
04- Caiu e passou mal, dê GARDENAL.
05- Está com dor bem grandona, dê DIPIRONA.
06- Se você não sabe o que é bom, dê DECADRON.
07- Vomitou tudo que ingeriu, dê PLASIL.
08- Se a pressão subiu, dê CAPTOPRIL.
09- Se a pressão deu mais uma grande subida, dê FUROSEMIDA.
10- Chegou morrendo de choro, ponha no SORO.
11- Arritmia doidona, dê AMIDARONA.
12- Pelo não pelo sim, dê ROCEFIN.
13- Se nada deu certo, não tenha neurose, diga que é uma nova VIROSE.
Autor desconhecido, por enquanto.

A foto veio desta notícia. Recomendo a leitura.

7 de dez de 2008

Gaste seu dindim aqui!

Na sexta-feira ficamos sem telefones, inclusive celulares, aqui no sul do paraíso. Hoje sem energia elétrica a manhã toda. Agora tentei fazer um texto para acompanhar esse cartaz e evaporou nos meandros da conexão. O céu avaiano* que tivemos hoje compensou.

Era sobre uma reportagem que vi no Globo Rural. De partir o coração ver a impotência recém-descoberta nos olhos dos agricultores, que mal conseguiam esconder as lágrimas com as mãos cheias de marcas do duro trabalho que tiveram.

Os olhos deles têm uma dor difícil de disfarçar. É um olhar de quem espera acordar desse sonho mau. Como consolar quem perdeu parentes, quem foi obrigado a abandonar sua casa e lavoura, animais de criação e de estimação para morrerem de fome ou afogados? O que dizer à mulher que conta como teve que enxotar os três cachorrinhos para longe do helicóptero e partir sem olhar para trás?

Que venham os turistas e investimentos! Eu prometo que neste ano vou tentar não reclamar da invasão, da barulheira que eles trazem para o prédio, do caos no trânsito...Vou tentar.

Jandir, obrigada pela dica e que comprem muito do vinho de tua adega, logo ali, no bairro Santa Mônica!

*Depois de 4 meses, pés na areia. Oh, glória!


5 de dez de 2008

Pau de virar tripa ou rolha de poço?

Você está quase desmaiando de passar fome e não emagrece de jeito nenhum? Malha e malha e não vê diferença?

Acesse esse site e confira se não se enquadra em alguma situação descrita: Cinco razões


Se não der certo assim, copie e cole: http://www.bancodesaude.com.br/obesidade/5-causas-surpreendentes-voce-estar-ganhando-peso



**** Conversa quebra osso*******

Na sessão de quiropraxia, um dia desses:

Ela: Você tem caminhado, andado de bicicleta? E academia?

Eu:Xi! Detesto academia de paixão!

Ela: Mas por que isso?

Eu: Como é que pode fazer bem alguém ficar gastando energia daquele jeito, colocando em risco o coração, aumentando o nível de radicais livres? Já viu a cara daquela turma que é viciada em exercício? Parecem umas ameixas secas!

Ela: É mesmo...

Eu: E além do mais, você sabe que volta e meia vem alguém e derruba um monte de conceitos. Hoje faz bem, amanhã mata! Hoje é pra fazer, amanhã é proibido!

Ela: ?!?!

Eu: Eu prefiro ficar na dúvida!

(Gargalhada em dupla. Fecha o pano.)

O desenho veio daqui: deste site aprovado

4 de dez de 2008

Pedido Urgente da Defesa Civil Santa Catarina

Peço que passem aos seus contatos, divulguem nos seus espaços pessoais, comunidades e afins:

A Defesa Civil de Santa Catarina pede que sejam interrompidas as remessas de roupas e comida, por enquanto, porque não há mais onde armazenar nos galpões. Assim que houver espaço, emitirá novo aviso.

Todavia, apela para que seja feita doação de colchões, artigo em falta para muita gente, que está dormindo sobre papelão, quando encontra. De qualquer tamanho e de qualquer tipo, desde colchonete até para criança, solteiro e casal.

Encaminhe através dos mesmos locais onde estão recolhendo outras doações.

Obrigada. Mil vezes obrigada!

3 de dez de 2008

A garrafa que vira lâmpada solar

Pesquisando para comprar uma luminária de segurança, encontrei um blog que divulga idéias geniais.

Clique aqui onde se ensina, entre muitas outras coisa muito interessantes, como aproveitar garrafas pet para transformá-las em lâmpadas solares.

Genial! Criatividade do brasileiro para o bem.

Assista, copie, divulgue.

Uma questão de autoria

O que segue por si só se explica. Fico feliz em divulgar aqui o texto enviado desta vez pelo autor, ad litera. A única alteração foi o link para a prefeitura e um acento que não constava do texto "Fênix"original.

"Boa tarde, Clarice, prazer !

Vi no outro blog da Patrícia, que vc pedia autorização à ela para colocar a crônica em seu blog. Como autor da mesma, envio ela por arquivo e fique a vontade para divulgá-la também.

Meu nome é Márcio Volkmann, sou de Blumenau mesmo, e sou também autor da letra do Hino Oficial da cidade, hino este que está inclusive citado em um trecho da crônica também.

O hino vc pode conferir também no próprio site da prefeitura, no site da prefeitura

(símbolos da cidade), conferindo assim as informações que lhe passei acima.

A internet tem um poder absurdo de divulgação, mas tem esse "problema", onde muitos repassam emails retirando a parte dos créditos da matéria. Grande abraço.

Márcio Volkmann"


Fênix

A natureza é impiedosa. Blumenau foi e é manchete nos noticiários não como estávamos acostumados. Aconteceu...

Soterrados foram muitos corações. Inundados muitos sonhos. Lembro de Carlos Drummond de Andrade, em seus versos:

“ E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José ? “

E agora? E agora Blumenau?

E agora? Agora Blumenau voltará a ser a cidade que impressionou todo o mundo nos primórdios dos anos oitenta. Tal qual fênix, ela ressurgiu. E agora não será diferente.

Foram-se vidas, foram-se paredes, muros, morros, mas ficou algo que não escoa nos bueiros. A essência. A essência do nosso povo. O povo que se doa, calça suas botas, troca carro por canoa e que estende o braço a quem precise. O povo que levanta as mangas e junto com a lama leva pra fora de casa um passado que quer esquecer.

O povo que inunda de esperanças toda uma região devastada, com doações de todos gêneros, que trazem alento a quem precisa. Logo, suas chaminés estarão de volta. O progresso, tal qual em nosso hino, mora aqui. E como nossa gente, não irá abandoná-la.

Breve, nossas bandinhas estarão de volta, em coretos limpos, sem a água como vizinha. E em breve, nossos irmãos de todo o Brasil, blumenauenses honorários de coração e que transformaram as estradas do nosso estado em um verdadeiro corredor de solidariedade, serão acolhidos aqui com a mesma alegria de sempre, em nossas casas enxaimel, em nossas ruas limpas, em nossas festas.

Pra frente Blumenau ! Seu povo é sua força motora, e juntos faremos uma Blumenau ainda melhor, pra quem quiser ver. Eu quero. E você ???

Márcio Volkmann (filho orgulhoso de Blumenau)"


*********

Por uma questão de justiça, é preciso dizer que a autora do blog, que eu citei neste post , divulgou o nome do autor, mas as mensagens divulgadas por e-mail retiraram a autoria.

Se o link do site da prefeitura não abrir, clique aqui: http://www.blumenau.sc.gov.br/novo/site/index/. Tem notícias e informações recentes e muito interessantes.

2 de dez de 2008

Beijo onde?


Mau Humor


Lula Vieira - Publicitário


Não me lembro direito, mas li numa revista, acho que na Carta Capital, um artigo levantando a hipótese de que todo o cara que tem mania de fazer aspas com os dedinhos quando faz uma ironia é um chato. Num outro artigo alguém escreveu que achava que jamais tinha conhecido um restaurante de boa comida com garçons vestidos de coletinho vermelho.

Joaquim Ferreira dos Santos, em 'O Globo' de domingo, fala do seu profundo preconceito com quem usa 'agregar valor'.Eu posso jurar que toda mulher que anda permanentemente com uma garrafinha de água e fica bebendo de segundo em segundo é uma chata. São preconceitos, eu sei.Mas cada vez mais a vida está confirmando estas conclusões.

Um outro amigo meu jura que um dos maiores indícios de babaquice é usar o paletó nos ombros, sem os braços nas mangas.Por incrível que pareça, não consegui desmentir. Pode ser coincidência, mas até agora todo cara que eu me lembro de ter visto usando o paletó colocado sobre os ombros é muito babaca.

Já que estamos nessa onda, me responda uma coisa: você conhece algum natureba radical que tenha conversa agradável?O sujeito ou sujeita que adora uma granola, só come coisas orgânicas, faz cara de nojo à simples menção da palavra 'carne', fica falando o tempo todo em vida saudável é seu ideal como companhia numa madrugada? Sei lá, não sei. Não consigo me lembrar de ninguém assim que tenha me despertado muita paixão.

Eu ando detestando certos vícios de linguagem, do tipo 'chegar junto', 'superar limites', 'focar', 'fazer uma colocação', essas bobagens que lembram papo de concorrente a big brother.

Mais uma vez, repito: acho puro preconceito, idiossincrasia, mas essa rotulagem imediata é uma mania que a gente vai adquirindo pela vida e que pode explicar algumas antipatias gratuitas.Tem gente que a gente não gosta logo de saída, sem saber direito por quê. Vai ver que transmite algum sintoma de chatice.

Tom de voz de operador de telemarketing lendo o script na tela do computador, repetindo a cada cinco palavras a expressão 'senhoooorrr' e dizendo que 'vou estar anotando' e 'vamos estar providenciando' me irrita profundamente.

Se algum dia eu matar alguém, existe imensa possibilidade de ser um flanelinha. Não posso ver um deles que o sangue sobe à cabeça. Deus que me perdoe, me livre e me guarde, mas tenho raiva menor do assaltante do que do cara que fica na frente do meu carro fazendo gestos desesperados tentando me ajudar em alguma manobra, como se tivesse comprado a rua e tivesse todo o direito de me cobrar pela vaga.

Sei que estou ficando velho e ranzinza, mas o que se há de fazer? Não suporto especialista em motivação de pessoal que obrigue as pessoas a pagarem o mico de ficar segurando na mão do vizinho, com os olhos fechados e tentando receber 'energia positiva'.

Aliás, tenho convicção de que empresa que paga bons salários e tem uma boa e honesta política de pessoal não precisa contratar palestras de motivação para seus empregados. Eles se motivam com a grana no fim do mês e com a satisfação de trabalhar numa boa empresa.

Que me perdoem todos os palestrantes que estão ficando ricos percorrendo o país, mas eu acho que esse negócio de trocar fluidos me lembra putaria.

E para terminar: existe qualquer esperança de encontrar vida inteligente numa criatura que se despede mandando 'um beijo no coração'?

Eu aplaudo de pé e acrescento que se alguém der um beijo no meu coração eu dou-lhe uma porrada, porque pra beijar meu coração eu deverei estar anestesiada, de peito aberto, seu aproveitador!

E o que dizer do beijo na alma, meu zeus? O que essa gente inventa!

Nota: Para meus leitores do outro lado, flanelinha é o rapaz que fica na rua com um pano na mão, pronto para limpar o vidro ou lavar o carro e, geralmente, se apropria, indevidamente, de vagas. Mesmo que as vagas sejam gratuitas, ai de quem não lhe der um trocado! Corre o risco de ter pneu esvaziado e lataria riscada.

Texto enviado por WHD. Desenho via Google

1 de dez de 2008

Fotografias da Inundação em Santa Catarina

Reuni quase todas as fotos que recebi, selecionei e deixei o registro no meu espaço:

http://www.flickr.com/photos/clariceflop/

As fotografias não mostram a dor, as perdas, a calamidade com todas as cores. Não recebi com o crédito, mas isto não invalida a intenção de mostrar algumas das razões para ajudar.

Obrigada de novo e de novo!

CHAME AS CRIANÇAS


Clique no link e quando o site abrir abra a mala e clique no rolo de filme:

http://www.circoripopolo.be/photobook.php?frm=61

Importante: não aumente a tela!

Recebi do outro lado do Atlântico, de Cláudio, refiz o caminho e achei a fonte. O link enviado por e-mail tem erros na página.Demora um tempão para abrir. Se quiser mandar para alguém, copie a URL acima e cole na mensagem.
Foto: Google

29 de nov de 2008

Quando menos é mais

Eu peguei carona com Helô e descobri essa pessoa inspirada, criativa e que cutuca em questões que precisam ser abordadas e discutidas.

Ombudsmãe é para visitar, clicar nos cartazes, ler a mensagem e divulgar. Com o aval da autora, Taís Vinha, que além de tudo, é uma simpatia.

De Gênio e de Louco...

Às vezes eu morro de rir com essas coisas que ela escreve.

Mas eu levaria um susto, se soubesse que
este texto foi escrito por alguém da área médica que cuidasse de mim.

27 de nov de 2008

Recado do Mauro Castro/Taxitramas

"Clarice, quero que você seja a primeira a saber: Mudei o Taxitramas de endereço. Agora ele está no blogspot. A Globo me encheu o saco, depois de plagiar a idéia do meu blog, começou a me atazanar a vida com o blog. Ao que parece o Blogger Brasil está chegando ao fim. O último a sair que apague a luz.
Há braços!!"

Olha eu que exibida por ser a primeira, gente!

Portanto, agora, para seguir rodando com ele, clique e salve nos seus favoritos o novo endereço: http://taxitramas.blogspot.com/

25 de nov de 2008

Da Melhor Qualidade

Ele apareceu aqui por conta do Papai Noel dos panetones. Devolvi a visita e ôpa! Olha que boa descoberta:

http://novacharges.wordpress.com/

Quem lê jornal de papel(eu não leio por opção) já deve ter visto alguma charge dele. Virei tiete.

21 de nov de 2008

Papai Noel existe?

Desde o ano passado eu estou apaixonada por isto.

Alguém, por favor, abra uma filial dessa loucura aqui!

Dia Nacional do Bobajol e do Pileque

MANUAL DO ADEPTO A BEBER SOCIALMENTE

Coisas que são DIFÍCEIS de dizer por um bêbado:
- Indubitavelmente
- Preliminarmente
- Proliferação.
- Inconstitucional.

Coisas que são EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de dizer por um bêbado:
- Especificidade
- Transubstanciado
- Verossimilhança
- Três tigres.

Coisas que são TOTALMENTE IMPOSSÍVEIS de dizer por um bêbado:
- Puta merda! Que menina feia!!!!
- Chega! Já bebi demais.
- Sai fora! Você não é o meu tipo!

MANUAL PRÁTICO
Como agir quando se bebeu demais e está com os seguintes sintomas:

SINTOMA: Pés frios e úmidos.
CAUSA: Você está segurando o copo pelo lado errado.
SOLUÇÃO: Gire o copo até que a parte aberta esteja virada para cima.

SINTOMA: Pés quentes e úmidos.
CAUSA: Você fez xixi.
SOLUÇÃO: Vá se secar no banheiro mais próximo.

SINTOMA: A parede a sua frente está cheia de luzes.
CAUSA: Você caiu de costas no chão.
SOLUÇÃO: Coloque seu corpo a 90 graus do solo.

SINTOMA: O chão está embaçado.
CAUSA: Você está olhando para o chão através do fundo do seu copo vazio.
SOLUÇÃO: Compre outra cerveja ou similar.

SINTOMA: O chão está se movendo.
CAUSA: Você está sendo carregado ou arrastado.
SOLUÇÃO: Pergunte se estão te levando para outro bar.

SINTOMA: O local ficou completamente escuro.
CAUSA: O bar fechou.
SOLUÇÃO: Pergunte ao garçom o endereço de sua casa.

SINTOMA: O motorista do táxi é um elefante rosa.
CAUSA: Você bebeu muitíssimo.
SOLUÇÃO: Peça ao elefante que o leve para o hospital mais próximo.

SINTOMA: Você está olhando um espelho que se move como água.
CAUSA: Você está para vomitar em uma privada.
SOLUÇÃO: Enfie o dedo na garganta.

SINTOMA: As pessoas falam produzindo um misterioso eco.
CAUSA: Você está com a garrafa de cerveja na orelha.
SOLUÇÃO: Deixe de ser palhaço!

SINTOMA: A danceteria se move muito e a música é muito repetitiva.
CAUSA: Você está em uma ambulância.
SOLUÇÃO: Não se mova. Possível coma alcoólico.

SINTOMA: A fortíssima luz da danceteria está cegando seus olhos.
CAUSA: Você está na rua e já é dia.
SOLUÇÃO: Tente encontrar o caminho de volta para casa.

SINTOMA: Seu amigo não liga para o que você fala.
CAUSA: Você está falando com uma caixa de correios.
SOLUÇÃO: Procure seu amigo para que ele carregue você até sua casa.

SINTOMA: Seu amigo não pára de falar repetidamente as mesmas palavras.
CAUSA: Você está falando com o cachorro do vizinho.
SOLUÇÃO: Peça pra ele dizer onde é sua casa.

Autoria: bêbado desconhecido.

Beba com moderação. A não ser que você esteja na sua casa e você não comece a cantar "I'll always love Youuuuuuuu...!".

20 de nov de 2008

VOCÊ SABE O QUE EU NÃO SEI?

Saímos dos testes para entrar nisto.

Tanto a aprender!

Se o chefe passar por aí diga que está adquirindo cultura.

19 de nov de 2008

Acende a luz aí, ô meu!

Vinte e duas horas. Noite pequena ainda nesse horário de verão. Chove, como todos os dias há quase um mês. Adiantando um tricozinho e vendo um filme só com o rabo do olho, que os olhos mesmo estão ocupados em vigiar a bicharada. Sem qualquer aviso, como sempre acontece, a luz se vai.

Quando ameaça chover no Piauí, aqui neste canto da Ilha não se deve duvidar: faltará energia. Nem é de relatar quando explode um transformador. Tudo o que se pode fazer é ir para o terraço e apreciar o espetáculo pirotécnico enquanto os homens do conserto não aparecem.

Quando algum tresloucado derruba um poste passamos a noite como no início dos tempos. Se a noite tem estrelas e lua é um show!


E a escuridão aqui é negra mesmo. Só se vê as lâmpadas de emergência que acendem em dois prédios vizinhos. Lá longe alguém que já conhece o roteiro acende uma vela, uma lamparina, uma lanterna, ou uma lâmpada de bateria, como a que eu tenho desde o apagão de 12 dias(quem não lembra, ó horror!). Se há algum barco atracado a vila tem claridade garantida. Já aqui no canto...

O jeito é largar o tricô por alguns minutos, sacar um vinho e esperar que a claridade volte para, quem sabe, pegar o finalzinho do filme.
Não voltou tão cedo.O vinho rendeu. O tricô rendeu. Pelo menos até a segunda taça. A gatinha embaixo da mesa(viu?) dormiu sossegada. A lâmpada de emergência agüentou até quase meia-noite.

Ah, reparou na vela? Quem nunca colou uma vela na tampa de um vidro levante a mão.

O Livro Proibido

O jornalista Ivo Patarra levou 'O Chefe' a duas editoras, que recusaram a publicação do livro.

Assim sendo, seu autor resolveu colocá-lo na Internet a nossa disposição, para ler ou baixar.

Acesse o site: http://www.escandalodomensalao.com.br/

Eu não me responsabilizo por ataques de cólera nem de riso.

18 de nov de 2008

O tal marquetingue

Afinal, o que é "Marketing" na prática?

As pessoas sempre nos pedem uma explicação sobre o que é, exatamente, marketing. Pois aí vai uma das melhores explicações.

Na prática é isso aí:
1. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e diz: "Eu sou Foda." Isto é Marketing Direto.


2. Você está numa festa com um grupo de amigos e vê uma mulher. Um de seus amigos vai até ela e, apontando para você, ele diz: "Ele é Foda!" Isto é Publicidade.


3. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e consegue o seu telefone. Você liga no dia seguinte e diz: "Oi! Eu sou Foda !" Isto é Telemarketing.

4. Você vê uma mulher numa festa. Você se levanta, ajeita o cabelo, vai até ela e diz: "Com licença." e ajeita a alcinha do vestido dela, roçando de leve no seu braço e conclui: "A propósito, eu sou Foda." Isto é Relações Públicas.

5. Você está numa festa. Uma mulher se aproxima de você e diz; "Me disseram que você é Foda." Isto é Reconhecimento de Marca.

6. Você está numa festa e vê uma mulher. Você a convence a ir para casa com seu melhor amigo. Isto é Representação de Vendas.

7. Seu amigo não a satisfaz e ela liga para você. Isto é Suporte Técnico.

8. Você está indo a uma festa quando você se dá conta que poderia haver um monte de mulheres em cada uma das casas pelas quais você está passando. Você sai do carro e do meio da rua grita bem alto: "EU SOU FODA!"Isto é Spam.

Texto anônimo, por enquanto.

17 de nov de 2008

Pra chorar ou pra rir?

Lady Francisco, que eu sempre gostei de ver em novelas, nos tempos de boas novelas, depois de publicar uma biografia fogueteira voltou a aparecer em programas de televisão, de um ano para cá. Ainda bonitona, pernas esculturais e aquele jeito de provocar risos mesmo quando não tem intenção.

Desta vez num programa do Jô ela conta que estava em Nova Iorque no dia em que houve o atentado às torres. Na rua acompanhava curiosa uma demonstração do corpo de bombeiros. Entre um exercício e outro um barulho de avião chamou sua atenção e ela olhou para cima. E então conta e gesticula feito desenho animado:

-Pouca gente viu. Acho que ninguém registrou, mas eu vi quando o avião voou em volta dos prédios, deu mais uma volta, então deu ré e avançou para o prédio!

Veja e ouça Lady( e ria):
http://videolog.uol.com.br/video.php?id=321375

Muitas fotos dela
aqui.

14 de nov de 2008

Da série "Pensa que é fácil, Zé?"


Como acontece com centenas de textos que circulam por bandas como esta, tudo vira autoria do Veríssimo ou do Sabino. O texto que abre neste link já foi atribuído até a Fernanda Young, uma chata de galocha, que pensa que é intelectual. É de rolar de rir. Inclusive com as defesas masculinas que apareceram nos comentários. Claro que as meninas vão se reconhecer. Mas os meninos precisam, aliás, deveriam ser obrigados por lei a ler.

Vamos lá: coragem!


Pois é, sócio, eu perguntei ao oráculo, esse danado!


Em tempo: eu sei criar link, mas às vezes o clique falha, e aí você vai reclamar, eu vou ter que enviar a url e ficamos nessa lenga-lenga. Clica aí e não reclama, se faz o favor!

Quando sobrar um tempinho, leia isto.

Fujo de mensagens e livros de auto-ajuda e de " isto deveria ser assim ou assado", mas esta lição é interessante. Use na dose adequada.


ONDE VOCÊ COLOCOU O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.


-Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.

-Ruim - disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.

Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:

-Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:

-Qual é o gosto?

-Bom! disse o rapaz.

-Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.

-Não, disse o jovem.

O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:

-A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.

Texto Anônimo(por enquanto)
Nas fotos: Lago Monaire, Canadá(baixaki.com.br). As demais copiadas de quem copiou de quem copiou, de quem copiou...

Colaboração do sócio do blog, Waldemar.

13 de nov de 2008

Nem Lulista nem Petista. Brasileira.

Pois é. Ignorâncias à parte, nós com 500 anos e eles com mais de mil. Eles quase afundando e nós ensinando como é que se faz.

Bandido tem dos dois lados, com cultura ou sem. Eu não gosto do Lula. Não sou petista e nunca serei. Mas devo confessar que a equipe que cuida do que interessa está dando um banho. Abomino essa roubalheira toda, essa coisa de máfia que ainda virá à tona. Que não é e nunca foi exclusividade dele. Fernando Henrique teve sorte de contar com pessoas que esconderam bem o que ele fez. Só do Bndes espalhou tanto que dava pra salvar a África toda. Sarney foi a conta do papagaio. Aquele do penacho que mandaram para a Itália, Deus nos livre! Precisa falar do Collor?

Políticos são uma m... Todos eles! Eu respeito pessoas não cargos. Por isso, por enquanto, admiro Obama como pessoa.


Acho a alternância de poder salutar e necessária. E também acredito que o que deve ser analisado e julgado é o governo e não a pessoa. Eles não fazem nada sozinhos e metade do que acontece no país não chega nem perto do gabinete do presidente. Quem já ocupou algum cargo realmente importante sabe disso. Ou deveria saber.

Lula deveria calar a boca e ler mais. E os brasileiros, por enquanto, deveriam ficar muito felizes por não estarem entre os 50 mil que já foram demitidos na Alemanha, os 20 mil ou 30 mil que perderam o emprego na Espanha, os 130 mil que perderam o emprego nos EUA, os que não têm mais onde trabalhar na França, na Inglaterra, na Islândia.

Lula fala muita besteira. Mas de vez em quando alguém escreve bonitinho pra ele ler e nos "repentes" ele acerta algumas. Ele é tanso mas não é tapado. Um sindicalista que freqüentou reuniões de treinamento intensivo sobre negociação com os maiores empresários do país e conhece bem os bastidores do Senado e da Câmara. Ele acerta quando diz que o governo e o povo devem investir em empreendedorismo e não em ciranda financeira. Em trabalho. Ou que em vez de ficar anunciando doações para a África deveriam fazer como fez o Brasil, que instalou lá um escritório da EMBRAPA para pesquisar o que pode ser desenvolvido por aquele povo para que tenham o que comer.

Ele fala negro e não afro-descendente, mas e daí? Quem fala? Você fala? Só jornalista. A cor dele é afro-descendente? Não. É negra! Não há preconceito nenhum nisso. Você não aprendeu na escola que existem diversas raças: branca, amarela, negra...?

Concordo com muitas das colocações dessa ilustre desconhecida por mim, Sra Mara Montezuma Assaf, de quem recebi um texto de um amigo, a propósito de bobagens que disse e fez o Lula, mas me cansa e irrita ver que há sempre alguém de plantão só para enunciar o lado ruim de tudo o que se faz e fez no Brasil, os esbugalhos, a falta de cultura, as gafes.

Onde estão aqueles que criticavam a quantidade de viagens que o governo brasileiro(não Lula, o governo brasileiro- não precisa personalizar), quando buscava novos e inúmeros parceiros comerciais? Não fosse isto estaríamos na mesma situação da Argentina, que depende dos EUA para sobreviver, porque é seu maior comprador, junto com o Brasil.

Ainda estamos no meio do maremoto, mas, caramba! vamos tentar pelo menos ver o que está escancarado? Será que todos os governos mundiais são cegos ou tomaram um pileque e por isto estão elogiando a economia e o governo brasileiros? Que interesse eles teriam no LULA, um pobre coitado que se aproveitou daquilo que o Brasil ofereceu? Por que não malharam aquele bom moço do "Solidariedade" da Polônia, que foi elevado aos céus por ser operário e chegar à presidência de seu país? O ruim é que Lula se auto-elogia. Isso é terrível! Concordo. E a mulher dele é feia, sem traquejo social, não faz nada o dia inteiro e é gorda. Isso é horroroso!

Eu, você, nossos vizinhos, filhos e amigos não demonstram orgulho pelas conquistas? Eu sinto. Nunca vou esconder que na empresa onde trabalhei fui a única mulher a ocupar determinado cargo. Com merecimento.


Não fico me comparando a ninguém, mas, quanta mediocridade, quanta hipocrisia! Se você, vindo de qual classe social viesse se metesse a político e chegasse a presidente ficaria mais humilde do que é? Imagine um bronco que veio do mangue. Dá um desconto! Desliga a televisão ou troca de canal quando esse cara que é o Presidente estiver falando. É o que eu faço. Só escuto os elogios indiretos e as críticas. E ultimamente não tenho precisado trocar de canal.

Lula tem que ir embora. É de lei. Ufa! E que dona Dilma não se eleja. Oremos!

Que venha um melhor, que saiba falar corretamente, que não se meta em sujidades como fez essa corja que se mistura a bons profissionais. Uma pessoa que não se compare a ninguém. Que tenha uma excelente equipe a trabalhar pelo povo. Que não diga besteiras. Que só beba no recôndito de seu lar, como tantos.Que não se aproveite do poder para benefício próprio, como tantos de agora e de antes. Que não dê cargos para amigos. Que saiba incentivar a cultura. Que faça um milagre e salve a saúde pública e dê um jeito no que fizeram com a educação os últimos dez presidentes. Que nos salve de balas perdidas...

Que seja, no mínimo, tão competente quanto foram os que acertaram.

Dá para acender a luz sobre o que temos de bom?


Alguém seguiu o roteiro de viagem da equipe do governo brasileiro antes da reunião do G-20?Bem, agora estão falando que olhos cansados e vermelhos só podem ser de festa.

12 de nov de 2008

Para cima, Avaí!






1924



2008

Fotos:
Arquivo Pessoal de Cristiano Sardá da Conceição.
JÚNIOR, Polidoro; CASTRO Júlio. O Campeão do século. Revista do Avaí. Ed. Comemorativa dos 75 anos do Avaí FC. Florianópolis: Editora Empreendedor, 1998.

JÚNIOR, Polidoro. O dia em que o Avaí parou Florianópolis. Revista do Avaí. Ed. Especial título/98. Florianópolis: Floriprint, 1998.
Slides enviados por um azul Waldemar.

Site Oficial do Avaí Futebol Clube.
Disponível em: http://www.avai.com.br

11 de nov de 2008

Curiosidades para mesa de bar

Barbie

A boneca mais famosa do mundo, lançada em 1958, foi inspirada em Barbie Handler, filha da americana Ruth Handler, fabricante de brinquedos. Ruth achava as caras das bonecas da época infantis demais e desenhou a Barbie com um ar mais adulto. Ao lado do marido Elliot, que fabricava casas de bonecas, em 1945 ela fundou a fábrica de brinquedos Mattel. Desde o seu lançamento, a boneca já vendeu mais de um bilhão de unidades. Se todas elas fossem colocadas em pé, umas sobre as outras, dariam mais de sete voltas ao redor da Terra. A cada dez segundos, uma boneca Barbie é vendida no mundo. Ken, o namorado de Barbie, de 1961, também foi inspirado no filho do casal.


Kellogg's

Em 1860, os Adventistas do Sétimo Dia que foram para Battle Creek, Michigan, formaram uma comunidade que ficou famosa pelo seu estilo de vida e alimentação saudável. O adventista John Harvey Kellogg, depois de estudar medicina, voltou a Battle Creek e tornou-se diretor do centro de saúde. Percebeu, então, que as refeições vegetarianas eram muitos leves e os pacientes partiam após curta estadia. Kellogg e o seu irmão, Will Keith, começaram a criar novas e saborosas formas de alimentos. Preparavam no vapor e na pressão vários tipos de grãos e, assim, criaram uma variado menu vegetariano. No entanto, ainda faltava um pão de grãos integrais com pouco amido. Após muitas experiências, chegaram acidentalmente aos flocos de trigo. Depois surgiram os flocos de arroz e os de milho (corn flakes). O tigre Tony, símbolo dos Kellogg's, foi criado em 1952 pela agência de publicidade americana Leo Burnett.


Jacuzzi

A Jacuzzi foi fundada no início do século XX por 7 irmãos, imigrantes italianos que se instalaram nos Estados Unidos. A empresa era bem-sucedida fabricando hélices de avião e bombas de irrigação para agricultura. Em 1956, uma pessoa da família precisou de um tratamento de hidroterapia. Os engenheiros da Jacuzzi adaptaram uma dessas bombas para ser usada numa banheira. E Roy Jacuzzi viu aí um bom negócio e colocou as banheiras de hidromassagem no mercado em 1968.


Harley-Davidson

Foi de um barracão na cidade de Milwaukee, Estados Unidos, em 1903, que saiu a primeira moto batizada com o sobrenome dos seus criadores: o desenhista William Harley e o engenheiro Arthur Davidson. E era preciso pedalar para pegar. Para a Primeira Guerra Mundial, a empresa recebeu do exército americano a encomenda de 20 mil unidades, algumas com metralhadoras. Na Segunda Guerra Mundial, voltou à luta: 90 mil motocicletas de 750 cilindradas serviram as forças americanas.


Gillette

King Camp Gillette, em 1895, percebeu que para se barbear, apenas era necessária a ponta da lâmina da navalha. Pensou então em fabricar uma lâmina de aço pequena e descartável. Os industriais não acreditavam ser possível fazer uma lâmina pequena, de bom corte e barata a ponto de ser deitada fora depois. Com a ajuda do mecânico William Nickerson, resolveram os problemas técnicos. Assim surgiu a Gillette Safety Company, em 28 de setembro de 1901. A produção começou em 1903 e no primeiro ano foram vendidos 51 aparelhos e 168 lâminas. Os negócios dispararam em 1905. Durante a Primeira Guerra Mundial, o governo americano encomendou 3,5 milhões de aparelhos e 36 milhões de lâminas para os seus soldados. Nessa época, a empresa já vendia 1 milhão de aparelhos e 120 milhões de lâminas por ano. A Gillette lançou o conceito de 2 lâminas paralelas em 1971 e o Sensor, em 1990.


Farinha Láctea Nestlé

Em 1867, Henri Nestlé, um químico alemão que morava em Vevey, na Suíça, descobriu um mercado emergente: o dos alimentos infantis. Começou a fabricar uma farinha nutritiva para crianças, à base de cereais e leite: a Farinha Láctea Nestlé. O nome Nestlé, em alemão, significa "pequeno ninho". E foi justamente esse o símbolo da empresa, porque traduz o carinho da mãe com os filhos. A Nestlé, é a maior indústria alimentícia do mundo.

Fanta

Em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, quando a fábrica alemã da Coca-Cola deixou de receber o xarope usado no preparo do refrigerante, os donos da fábrica tiveram de ir à procura de novos ingredientes e inventaram a Fanta. O nome, escolhido pelos empregados da empresa, foi tirado da palavra fantástica, que é parecida em muitas línguas. Entre 1945 e 1955, a marca Fanta foi usada apenas para não perder o registro. Só foi ressuscitada de verdade para o lançamento de um refrigerante de laranja criado pela Coca-Cola italiana em abril de 1955. Fez sucesso e foi conquistando o mundo, chegando aos Estados Unidos em 1959.


Donuts

Em 1946, os donuts do americano William Rosenberg faziam tanto sucesso que o horário do lanche das indústrias da região da Nova Inglaterra passou a ser ajustado ao seu itinerário. Para facilitar o consumo, o donut vinha envolto no açúcar e o café simples, sem açúcar, era servido numa caneca. Todos os clientes mergulhavam o doce no café antes de saboreá-lo. Os clientes satisfeitos insistiram para que ele abrisse uma loja. E assim formou-se a grande rede. As rosquinhas foram criadas no século XVI por padeiros holandeses, mas ainda não tinham o tradicional furo no meio. Isso só apareceu em 1847, criado pelo marinheiro americano Hanson Gregory. Essa criação valeu-lhe uma placa de bronze na sua cidade natal, Rockport.


Danone

Em 1919, o espanhol Isaac Carasso começou a fabricar iogurte com leite fresco num pequeno galpão depois de ouvir falar dos benefícios do alimento. Batizou-o de Danone, as primeiras letras do nome do filho, Daniel, unidas à palavra inglesa one, pois o menino era o primogénito. O negócio prosperou por Espanha e, em 1932, Daniel Carasso montou uma fábrica na França. Daniel era judeu, e, quando estourou a Segunda Guerra Mundial, foi obrigado a exilar-se nos Estados Unidos. Lá fundou a Dannon Companny. Nesse período, as fábricas francesa e espanhola tinham ficado com pessoas de confiança e, quando Daniel voltou à Europa, em 1952, reassumiu o controle.


Playboy

Em 1953, aos 27 anos, o americano Hugh Hefner era diretor de circulação da revista Children's Activities. Ele acreditava que havia mercado para uma revista de jovens adultos, mas as publicações masculinas eram sobre caçadas, armas, carros, etc., e ignoravam os assunto que mais preocupava os homens: mulheres. Por 500 dólares, comprou os direitos de fotos que Marilyn Monroe tirou para um calendário no início de carreira, emprestou dinheiro com amigos e parentes e criou uma revista. O nome seria Stag Party (em português, farra) e o símbolo, um veado a fumar e à espera de uma companhia feminina. Na véspera do lançamento, porém, Hefner descobriu que havia uma publicação com esse nome. Pensou em vários outros - Top Hat, Bachelor, Gentlemen - até que um amigo sugeriu Playboy, nome de uma fábrica de carros falida. E Hefner encomendou ao desenhista Arthur Paul uma nova mascote. O coelho foi adoptado e hoje é uma marca mundialmente conhecida. Em outubro de 1953, dos 69.500 exemplares do primeiro número, 54.175 foram vendidos.


Ovomaltine

O químico suíço Georges Wander pesquisava de um complemento alimentar nutritivo e forte e interessou-se pelo extrato de malte, obtido da cevada. A sua morte fez com que o seu filho, Alberto, continuasse as pesquisas. Em 1904, Alberto Wander criou a fórmula do Ovomaltine, com extrato de malte de cevada, ovos, leite integral, cacau, vitaminas e sais minerais. Dois anos depois, começou a produzi-lo na cidade de Berna.


Nescafé

Nos anos 30, houve uma superprodução de café e os preços do produto no mercado internacional desceram bastante. O Brasil, o maior produtor da época, entrou numa crise séria. Entre 1931 e 1938, foram destruídas 65 milhões de sacas de café. Então as autoridades brasileiras sugeriram que a Nestlé, que já fabricava leite em pó, desenvolvesse um café solúvel. As pesquisas de Hans Morgenthales levaram 7 anos e o seu grande mérito foi descobrir que se deveria acrescentar hidratos de carbono à matéria-prima para manter o aroma do café. A produção de Nescafé foi iniciada em 1939.

8 de nov de 2008

Como se faz um homem

Para minha mãe, a religião organizada muito freqüentemente esconde sua mentalidade limitada sob o manto da piedade; e a crueldade e a opressão, sob o da honestidade. Mas isso não quer dizer que ela não me transmitiu valores religiosos. Para minha mãe, o conhecimento de pontos importantes das grandes religiões do mundo era uma parte necessária de uma educação impecável.

Em nossa casa, a Bíblia, o Alcorão e o Bhagavad Gita ficavam na prateleira juntamente com os livros da mitologia grega, norueguesa e africana. Na Páscoa ou no Natal [minha mãe] me arrastava para a igreja, assim como para templos budistas, para a celebração do Ano Novo chinês, para santuários xintoístas ou para antigos locais de rituais hawaianos. Mas fui educado para entender que isso não exigia nenhum compromisso de longo prazo da minha parte, nenhum esforço introspectivo maior ou autoflagelação.

Para minha mãe, a religião era uma expressão da cultura humana; ela não explicava a origem da humanidade, era apenas uma das muitas formas – e não necessariamente a melhor maneira – de o homem tentar controlar o desconhecido e entender as mais profundas verdades sobre nossa vida. Em suma, minha mãe via a religião pelos olhos da antropóloga que ela viria a ser; era um fenômeno a ser tratado com respeito, mas também com desapego. (.....)

E, apesar do seu secularismo, minha mãe era de muitas formas a pessoa mais espiritualizada que conheci. Tinha um instinto inabalável para a bondade, a caridade e o amor, e passou grande parte da sua vida agindo de acordo com estes instintos, às vezes em detrimento de si mesma.

Sem a ajuda de textos religiosos ou autoridades externas, trabalhou muito para transmitir a mim os valores que muitos norte-americanos aprendem na escola dominical: honestidade, empatia, disciplina, capacidade de postergar a gratificação pessoal e trabalho duro. Enfurecia-se com a pobreza e a injustiça, e desprezava aqueles que eram indiferentes a ambas.”

Você já deve saber quem é o autor. Para ler mais e descobrir o quanto universalista é essa pessoa, entre neste site. Não! Nada a ver com religião. Bom é ler todo o texto.

O texto foi enviado por Waldemar, que bem colocou que não é preciso ser fã para admirar seus pensamentos.

De minha parte torço para que essa educação esmerada resulte e benefícios para muita gente.

7 de nov de 2008

Quebre a cabeça

Ou guarde para aqueles dias de nada para fazer, ou de muita criança para acalmar.

http://puzzle.chezmaya.com/index.php/accueil.html

Não estranhe a língua e explore os links. O site é ótimo!

4 de nov de 2008

O Gosto da Liberdade Saudável

Hoje foi dia de começar a descobrir como é a vida sem o implante que me poupou de, pelo menos:
- 131 meses de TPM(ou SPM);
- 1600 absorventes;
-250 analgésicos;
- 660 noites sem dormir bem; e
- me garantiu hematócritos em número mais alto que meus 35/36 de média, durante quase 6 anos.

Entre essas e outras coisas, me deixou chegar aos 54 sem precisar de reposição hormonal, sem calorões, sem depressão.

Para saber do que estou falando leia e explore
este site e decida com seu médico de confiança, se essa alternativa também pode ser sua.

O autor da idéia também responde perguntas que ficam no site para consulta.

Alguma pergunta para quem usou?

31 de out de 2008

Minuto Infantil

Entre neste site, brinque um pouquinho e depois volte ao trabalho.

Sugestão de brincadeira: Waldemar.

Frases & Frases

"Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento.
Machado de Assis

"Nunca tive problemas com droga. Só com a polícia..." Keith Richards

"Jamais diga uma mentira que não possa provar." Millôr Fernandes

"Não foi nada de especial, chutei com o pé que estava mais a mão!"
João Pinto (jogador do Futebol Clube do Porto, de Portugal)

"O meu clube estava à beira do precipício, mas tomou a decisão correta: Deu um passo a frente." João Pinto (jogador do Futebol Clube do Porto, de Portugal)

"Democracia e quando eu mando em você, ditadura e quando você manda em mim." Millôr Fernandes

"Não é que eu tenha medo de morrer. É que eu não quero estar lá na hora que isso acontecer." Woody Allen

"Errar é humano. Culpar outra pessoa e política." Hubert H. Humphrey

"Há tantas coisas na vida mais importantes que o dinheiro! Mas, custam tanto!" Groucho Marx

"Um argumento a favor do diabo: É preciso recordar que nós ouvimos só uma versão da história. Deus escreveu todos os livros." Samuel Butler

"Prefiro o paraíso pelo clima, o inferno pela companhia." Mark Twain

"O difícil, vocês sabem, não é fácil..." Vicente Matheus (Eterno ex-presidente do Corínthians)

"Clássico é clássico e vice-versa..." Jardel (Ex-atacante do Grêmio e Seleção Brasileira)

"Jogador é o Didi, que joga como quem chupa laranja..." Neném Prancha (Ex-roupeiro do Botafogo, ex-técnico de futebol de praia e filósofo da bola)

"Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG..." Mengalvio (Ex-meia do Santos, em telegrama mandado à família quando em excursão pela Europa)

"No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de quinze em quinze dias..." Ferreira (Ex-ponta-esquerda do Santos)

"Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu..." Claudiomiro (Ex-meia do Internacional-RS, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu pelo Brasileirão de 72)

"Se meus inimigos pararem de dizer mentiras a meu respeito, eu paro de dizer verdades a respeito deles." Adlai Stevenson

"Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando. Falei como um palhaço, mas jamais duvidei da sinceridade da platéia que sorria." Charles Chaplin

"Temos sociólogos bons e medíocres. Uns acabam professores, outros presidentes da República." Betinho

"Quando morrer, quero ser velada de bruços, para as pessoas me reconhecerem." Rita Cadillac

"Morava tão longe, que o carteiro mandava suas cartas pelo correio." Jô Soares

"Pessimista: alguém que se queixa do barulho quando a sorte lhe bate a porta." Farmer's Digest

"Adoro todas elas, mas não pago mais que a tabela." Tim Maia (Quando lhe perguntaram se não daria 1 milhão de dólares para transar com estrelas como Xuxa ou Vera Fischer)

"Comecei uma dieta, cortei a bebida e comidas pesadas e, em catorze dias, perdi duas semanas." Joe E. Lewis

"Acordei cedo hoje. Pulei da cama às seis da manhã, dei uma bela caminhada até a janela e voltei para a cama às 6:05h. Fiquei dez minutos debaixo do chuveiro frio. Amanhã pretendo abrir a água." Henry Youngman

"Eu era muito jovem para ter um carro, então transava com as moças no banco de trás de minha bicicleta." Woody Allen

"Atrás de todo homem bem sucedido, existe uma mulher. E, atrás desta, existe a mulher dele." Groucho Marx


Recebi por e-mail. Não garanto a autoria das preciosidades.

27 de out de 2008

É infalível!

Todo final de ano acontece(será o inferno astral ou o pé do Benedito?): se não é o fogão é a geladeira, ou a televisão, ou qualquer coisa de que eu dependa ou goste. Desta vez foi o estabilizador do computador. Segundo a revista ProTeste nenhum deles faz o que garante fazer, mas o meu velhinho(estabilizador) começou a roncar e a matuta, desconfiada, preferiu ficar fora do ar por alguns dias a arriscar a máquina que nem está paga ainda.

A torcida é para que não se inicie aquela fieira de consertos, tipo um puxa o outro, per favore!

Agora a tal paciência entra em campo para ler o que ficou no ponto de espera.

A turma de panacas do Viagra encheu minhas caixas de spam. Se tem quem vende é porque tem quem compra. Demais, viu? Isso também é conseqüência do aquecimento global, ou aquele desempenho todo era, digamos, propaganda enganosa?

Apela-se para a compreensão da torcida para as visitas e respostas.

***************
É preciso contar que hoje eu vi sol, pessoas! Sol! SOL!!!!!

24 de out de 2008

Você precisa ler isto!

Clique aqui e procure manter suas emoções sob controle.

Da série "Dicas sem Fim"

Certas coisas seria desnecessário espalhar por aí. Mas imagine que exista algum ser que vá morar sozinho ou com amigos e não tenha a mínima noção!



DICAS INTERESSANTES DE SABER



* Procure fazer suas compras aos pouquinhos, pois a despensa cheia, muitas vezes, facilita que os produtos saiam da validade. Além disso, fazer compras semanalmente, por exemplo, possibilita o consumo de alimentos mais fresquinhos.



* Faça sempre uma lista de compras pensando na quantidade de comida realmente consumida pela família. A idéia é comprar sempre o estritamente necessário.



* Os vegetais (frutas, legumes e verduras) são perecíveis e devem ser consumidos com certo imediatismo. Por isso não se acanhe em comprar esses produtos por unidade, um hábito nos países europeus.



* Aproveite, sempre que for possível, as cascas, os talos e as sementes dos vegetais. As folhas e os talos do brócolis dão, por exemplo, para serem aproveitados em sopas. A casca do ovo, por exemplo, rica em cálcio, pode ser misturada à farinha em bolos e pães. Basta triturá-la no liquidificador. O vinho azedado, em vez de ser dispensado, vai muito bem como vinagre nas saladas.



* Conserve na geladeira os vegetais sempre inteiros. No caso do abacaxi, por exemplo, descasque, mas não retire o miolo. Já a metade que sobrou do abacate deve ser guardada junto com o caroço. Essas são medidas que aumentam o tempo de vida do alimento.



* Não guarde a sobra da comida na panela. Guarde-a em recipientes adequados e na geladeira. Isto manterá a aparência da comida para que seja bem reaproveitada.



* Cuidado extra ao comprar alimentos em promoção. Em geral, a data de validade está para ser vencida ou o produto é de baixíssima qualidade, e o comerciante está querendo passar para frente. Na prática, por causa da curta validade, eles nem chegam a ir para a mesa, são logo descartados.



* Ao servir-se, lembre-se de usar o bom senso. Sirva-se somente da quantidade que irá consumir. A sobra do prato não poderá ser aproveitada.



* Como fartura não é sinal de qualidade, ao preparar um jantar para os amigos, evite exagerar nas proporções.



(Fonte: Folha de São Paulo)





DENTRO DA COZINHA



1 - Se o molho ficou muito gorduroso, acrescente uma pitada de bicarbonato de sódio.



2 - Faça a alface murcha reviver, colocando-a numa vasilha com água e suco de limão. Deixe de molho por 1 hora na geladeira.



3 - A comida ficou salgada demais? Na sopa ou no ensopado, adicione batatas cruas, cortadas. Assim que estiverem cozidas, terão absorvido o excesso de sal.



4 - Os tomates estão maduros e moles demais para a salada? Coloque-os numa vasilha com água fria e salgada. Depois de algum tempo eles voltarão a ficar firmes. Experimente!



5 - Para o queijo não ressecar dentro da geladeira, quando guardado por algum tempo, pincele manteiga ou margarina na parte exposta.



6 - Outra dica boa para retirar o excesso de sal da comida é pingar algumas gotas de limão e deixar ferver um pouco mais. Pode-se também acrescentar 1 colherinha de açúcar e outra de vinagre.



7 - Torne as gelatinas de morango, framboesa, uva ou cereja mais nutritivas e gostosas, preparando-as com a água de cozimento da beterraba.



8 - Para saber se um ovo é fresco ou não, sem ter que quebrá-lo, é só colocá-lo numa panela com água fria e bem salgada. Se o ovo afundar é fresco; se boiar, já passou da época. Jogue-o fora.



9 - As claras podem ser guardadas congeladas por um período de até 1 ano. Coloque-as num recipiente plástico, congele-as e você poderá usá-las em merengues, bolos, pudins de claras, etc.



10 - Para fazer omeletes muito mais fofas e leves, é só adicionar uma pitada de maisena antes de bater os ovos.



11 - Para ver se a temperatura do óleo já está no grau desejado, é só colocar um quadradinho de pão na panela. Quando o pão ficar corado e crocante, é sinal de que o óleo estará no ponto ideal para a fritura.



12 - Para bolos, é melhor usar ovos médios do que grandes. Ovos extragrandes fazem com que os bolos abaixem quando frios.



13 - Para conservar os limões frescos, guarde-os numa vasilha com sal.



14 - Se os limões estiverem verdes e com pouco sumo, cubra-os com água. Troque a água diariamente. Eles vão amadurecendo e ficando mais suculentos.



15 - Para que as maçãs permaneçam claras mesmo depois de cortadas, mergulhe-as numa vasilha com água fria e suco de limão.



16 - Para que as frutas cristalizadas (ou passas) fiquem bem distribuídas na massa de bolo, polvilhe-as com fermento em pó antes de adicioná-las à massa. Dessa forma, elas não afundarão.



17 - As gemas podem ser guardadas na geladeira por até 3 dias, basta que cobrir com água ou óleo.



18 - Para aumentar o volume do creme chantilly, adicione a ele claras previamente batidas em neve, bem firmes.






Nota: Eu criei um arquivo e fui depositando uma coleção de dicas que recebi por -email. Nem sempre informam a fonte e nem sempre lembro de quem enviou.

22 de out de 2008

Qual a idade de seu país?

O mundo conforme Casciari



Li uma vez que a Argentina não é nem melhor, nem pior que a Espanha, só que mais jovem. Gostei dessa teoria e aí inventei um truque para descobrir a idade dos países baseando-me no 'sistema cão'.

Desde meninos nos explicam que para saber se um cão é jovem ou velho, deveríamos multiplicar a sua idade biológica por 7.




No caso de países temos que dividir a sua idade histórica por 14 para conhecer a sua correspondência humana. Confuso? Neste artigo exponho alguns exemplares reveladores.



Argentina nasceu em 1816, assim sendo, já tem 190 anos. Se dividimos estes anos por 14, a Argentina tem 'humanamente' cerca de 13 anos e meio, ou seja, está na pré-adolescência. É rebelde, se masturba, não tem memória, responde sem pensar e está cheia de acne.



Quase todos os países da América Latina têm a mesma idade, e como acontece nesses casos, eles formam gangues. A gangue do Mercosul é formada por quatro adolescentes que tem um conjunto de rock. Ensaiam em uma garagem, fazem muito barulho, e jamais gravaram um disco.

A Venezuela, que já tem peitinhos, está querendo unir-se a eles para fazer o coro. Em realidade, como a maioria das mocinhas da sua idade, quer é sexo, neste caso com Brasil que tem 14 anos e um membro grande. O México também é adolescente, mas com ascendente indígena. Por isso, ri pouco e não fuma nem um inofensivo baseado, como o resto dos seus amiguinhos. Mastiga coca, e se junta com os Estados Unidos, um retardado mental de 17 anos, que se dedica a atacar os meninos famintos de 6 anos em outros continentes.




No outro extremo, está a China milenária. Se dividirmos os seus 1.200 anos por 14 obtemos uma senhora de 85, conservadora, com cheiro a xixi de gato, que passa o dia comendo arroz porque não tem - ainda - dinheiro para comprar uma dentadura postiça. A China tem um neto de 8 anos, Taiwan, que lhe faz a vida impossível. Está divorciada faz tempo de Japão, um velho chato, que se juntou às Filipinas, uma jovem pirada, que sempre está disposta a qualquer aberração em troca de grana.



Depois, estão os países que são maiores de idade e saem com o BMW do pai. Por exemplo, Austrália e Canadá. Típicos países que cresceram ao amparo de papai Inglaterra e mamãe França, tiveram uma educação restrita e antiquada e agora se fingem de loucos. A Austrália é uma babaca de pouco mais de 18 anos, que faz topless e sexo com a África do Sul. O Canadá é um mocinho gay emancipado, que a qualquer momento pode adotar o bebê Groenlândia para formar uma dessas famílias alternativas que estão de moda.



A França é uma separada de 36 anos, mais puta que uma galinha, mas muito respeitada no âmbito profissional. Tem um filho de apenas 6 anos: Mônaco, que vai acabar virando puto ou bailarino... ou ambas coisas. É a amante esporádica da Alemanha, um caminhoneiro rico que está casado com Áustria, que sabe que é chifruda, mas que não se importa.



A Itália é viúva faz muito tempo. Vive cuidando de São Marino e do Vaticano, dois filhos católicos gêmeos idênticos. Esteve casada em segundas núpcias com Alemanha (por pouco tempo e tiveram a Suíça), mas agora não quer saber mais de homens. A Itália gostaria de ser uma mulher como a Bélgica: advogada, executiva independente, que usa calças e fala de política de igual para igual com os homens (A Bélgica também fantasia de vez em quando que sabe preparar espaguete).



A Espanha é a mulher mais linda de Europa (possivelmente a França se iguale a ela, mas perde espontaneidade por usar tanto perfume). É muito tetuda e quase sempre está bêbada. Geralmente se deixa foder pela Inglaterra e depois a denuncia. A Espanha tem filhos por todas as partes (quase todos de 13 anos), que moram longe. Gosta muito deles, mas a perturbam quando têm fome, passam uma temporada na sua casa e assaltam sua geladeira.



Outro que tem filhos espalhados no mundo é a Inglaterra. Sai de barco de noite, transa com alguns babacas e nove meses depois, aparece uma nova ilha em alguma parte do mundo. Mas não fica de mal com ela. Em geral, as ilhas vivem com a mãe, mas a Inglaterra as alimenta. A Escócia e a Irlanda, os irmãos de Inglaterra que moram no andar de cima, passam a vida inteira bêbados e nem sequer sabem jogar futebol. São a vergonha da família.



A Suécia e a Noruega são duas lésbicas de quase 40 anos, que estão bem de corpo, apesar da idade, mas não ligam para ninguém. Transam e trabalham, pois são formadas em alguma coisa. Às vezes, fazem trio com a Holanda (quando necessitam maconha, haxixe e heroína); outras vezes cutucam a Finlândia, que é um cara meio andrógino de 30 anos, que vive só em um apartamento sem mobília e passa o tempo falando pelo celular com Coréia.



A Coréia (a do sul) vive de olho na sua irmã esquizóide. São gêmeas, mas a do Norte tomou líquido amniótico quando saiu do útero e ficou estúpida. Passou a infância usando pistolas e agora, que vive só, é capaz de qualquer coisa. Estados Unidos, o retardadinho de 17 anos, a vigia muito, não por medo, mas porque quer pegar as suas pistolas.



Irã e Iraque eram dois primos de 16 que roubavam motos e vendiam as peças, até que um dia roubaram uma peça da motoca dos Estados Unidos e acabou o negocio para eles. Agora estão comendo lixo.



O mundo estava bem assim até que, um dia, a Rússia se juntou (sem casar) com a Perestroika e tiveram uma dúzia e meia de filhos. Todos esquisitos, alguns mongolóides, outros esquizofrênicos.



Faz uma semana, e por causa de um conflito com tiros e mortos, os habitantes sérios do mundo, descobrimos que tem um país que se chama Kabardino-Balkaria. É um país com bandeira, presidente, hino, flora, fauna... e até gente!



Eu fico com medo quando aparecem países de pouca idade, assim de repente. Que saibamos deles por ter ouvido falar e ainda temos que fingir que sabíamos, para não passar por ignorantes.



Mas aí, eu pergunto: por que continuam nascendo países, se os que já existem ainda não funcionam?



NOTA SOBRE O AUTOR: Hernán Casciari nasceu em Mercedes (Buenos Aires), a 16 de março de 1971. Escritor e jornalista argentino. É conhecido por seu trabalho ficcional na Internet, onde tem trabalhado na união entre literatura e blog, destacado na blognovela. Sua obra mais conhecida na rede, 'Weblog de una mujer gorda', foi editada em papel, com o título: 'Más respeto, que soy tu madre'.



(Eu estou indo ali no cantinho pra rolar de rir outra vez!)

18 de out de 2008

Mea culpa, mea maxima culpa!

Aos florianopolitanos, minhas desculpas por essa chuva que já está a dar nos nervos, que não deixa abrir a janela, nem passear com o cachorro.

Pensar em lavar roupa e secar naquele solzinho acariciante? Parece que faz um século.



Cuidar da plantinhas? Varrer as folhinhas do terraço? Nem em sonhos?


Guardar finalmente os cobertores e comemorar a alegre primavera? Só na TV!


Devo confessar que a responsabilidade(palavra que eu gosto mais do que culpa) é toda minha.



Depois de mais de 3 meses.. lavaram meu carro. Não deu tempo de avisar a rapaziada da concessionária para que não provocasse essa disenteria celestial.


Orra, São pedro! Chega, né?

As fotos foram tiradas há meia hora, tempo que precisou a tartaruga para levá-las até provedor.

Estamos bem aqui: de manhã sem energia elétrica: à tarde greve das tartarugas da internet!

Coisas positivas? Enquanto eu testava minha paciência, deu tempo de preparar e tomar um chá de erva-doce com leite para molhar as orelhas-de-gato e as vidraças ficaram lavadas. E almoço à luz de velas.